Um ataque do grupo OurMine "sequestrou" duas contas relacionadas ao PlayStation no Twitter e no Facebook. Os invasores alegam que conseguiram um vazamento da base de dados da PlayStation Network, a PSN.

As mensagens foram registradas de forma alternada nas contas @PlayStation e @PlayStation_BR por volta das 19h30 deste domingo (20). Confira abaixo algumas postagens, capturadas pelo TecMundo antes que fossem deletadas.

A primeira publicação do vazamento na conta brasileira

Além da revelação de que há uma base de contas vazada, a equipe pediu que a hashtag #PlaystationLeaks ("Vazamentos do PlayStation") chegasse aos Trending Topics da rede social. Eles ainda solicitam à empresa que entre em contato para mais informações a respeito dos dados adquiridos.

Mais avisos: nada será divulgado, pois eles são um "grupo de segurança"; e é para a Sony contatá-los

A conta brasileira do PlayStation demorou mais tempo do que a oficial para apagar as mensagens. Aparentemente, só as duas foram invadidas — contas como a PlayStation Europe permaneceram inalteradas. O ataque também parece ter sido restrito ao Twitter e ao Facebook, sem que os perfis de outras redes apresentem algum traço de que foram sequestrados.

Não se sabe qual seria a base de dados obtida pelo OurMine. A Sony ainda não se manifestou sobre o caso.

O pedido de contato e o aviso: o grupo tem uma base de dados vazada da PSN

O OurMine, que alega ser "um grupo de segurança" anda bastante ativo nos últimos tempos. Eles foram os responsáveis por invadir os perfis da HBO nas redes sociais recentemente, além de atacarem as contas de Sundar Pichai (CEO da Google) e Mark Zuckerberg (CEO do Facebook). O CEO da Niantic, desenvolvedora de Pokémon GO, tamém foi uma das vítimas — com uma menção ao Brasil, pois o jog não havia sido lançado no país na época.

Cupons de desconto TecMundo: