A insatisfação do grupo hacker OurMine continua forte com o fato de Pokémon GO ainda não ter chegado ao Brasil. Depois de terem causado uma queda nos servidores do game com um ataque DDoS, a organização voltou a agir em seus “protestos” – desta vez, porém, invadindo e hackeando o perfil de John Hanke, o chefão da Niantic Labs, no Twitter.

O ataque, como muitos já devem imaginar, foi confirmado pela equipe através de uma série de tweets feitos no próprio perfil de Hanke. Além de fazerem piada sobre o fato de a senha do figurão ser especialmente fraca, o OurMine deixou bem claro: “Este hack é pelo Brasil”, disseram eles em sua sequência de postagens.

Isso é o que você vai encontrar acessando o perfil de Hanke neste momento

Vale notar, aliás, que essa não é a primeira vez que o OurMine invade uma conta de um figurão do mundo da tecnologia. Nas últimas semanas, o grupo também hackeou os perfis de vários outros executivos de gigantes desse mercado, como no caso de Mark Zuckerberg, Sundar Pichai e até o próprio CEO do Twitter, Jack Dorsey. Até o momento da publicação desta matéria, o perfil de Hanke continua com as mensagens dos hackers.

Infelizmente, isso não parece ter feito a Niantic decidir trazer o game de uma vez para o país – mesmo com o enorme apelo do público tupiniquin. Mas, como esse caso ainda é bastante recente, vamos esperar para ver no que isso vai dar.

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: