TikTok limita a exposição de vídeos feitos por adolescentes

1 min de leitura
Imagem de: TikTok limita a exposição de vídeos feitos por adolescentes
Imagem: Pemika Chedpiroon/Shutterstock/Reprodução
Avatar do autor

O TikTok está realizando mudanças significativas em relação ao uso do app pelo público juvenil. A rede social está limitando a visibilidade de vídeos feitos por adolescentes, com a maioria das restrições se aplicando aos usuários mais jovens.

Além do perfil privado por padrão, usuários de 13 a 15 anos terão que decidir quem pode ver um vídeo sempre que publicarem um conteúdo novo. Bem como, essa faixa etária permanece sem acesso aos recursos Dueto e Costurar.

Público entre 16 e 17 anos também terão novas restrições.Público entre 16 e 17 anos também terão novas restrições.Fonte:  Loic Venance/AFP/Reprodução 

O público entre 16 e 17 anos também contarão com mais restrições no TikTok. Novos usuários terão as Mensagens Diretas desativadas por padrão, enquanto as contas existentes serão notificadas para revisar as configurações.

Um novo padrão de verificação será implementado antes de adolescentes mais velhos habilitarem o download dos seus vídeos. A opção de disponibilizar o conteúdo para outros usuários baixarem segue desativada para contas de pessoas de 13 a 15 anos.

Criando hábitos mais saudáveis

Outra novidade do TikTok visa promover hábitos mais saudáveis. Agora, menores de 16 anos não receberão novos alertas a partir das 21h no horário local. Enquanto isso, as notificações para o público entre 16 e 17 anos se encerram às 22h.

Segundo a rede social, a ação tem a intenção de fazer os jovens se desconectarem da plataforma e relaxarem antes de ir dormir. Tal como, a restrição visa desencorajar o bullying noturno.

Ações do TikTok visam um ambiente mais seguro para adolescentes.Ações do TikTok visam um ambiente mais seguro para adolescentes.Fonte:  Racool Studio/Freepik/Reprodução 

Novas restrições a caminho

Em comunicado, o TikTok enfatizou que não imagina “um ponto final” nos esforços para preservar a privacidade e segurança dos jovens. A rede social garantiu que ainda haverá mais mudanças nos próximos meses.

Então, a plataforma assume um posicionamento que protege esse público de agressores, abusadores e outros usuários mal-intencionados. Além disso, as restrições podem ajudar o público adolescente a entender as consequências de seus atos.