Microsoft aconselha usuários a não instalarem atualização KB4523786

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft aconselha usuários a não instalarem atualização KB4523786
Avatar do autor

A cada anúncio de uma atualização do Windows 10, a pergunta que, cada vez mais, aparece nos fóruns é o que ela vai estragar – e, pelo visto, para evitar problemas, a Microsoft aconselhou que a atualização KB4523786, liberada no último dia 24, seja ignorada.

A Microsoft disponibilizou a atualização cumulativa KB4522355 (Compilação 18362.449 do SO) para, segundo ela, acabar com todos os problemas que têm se acumulado nas últimas semanas. O update incluiu correções para o Microsoft Narrator e Windows Search Indexer, entre outras.

Juntamente com ela, veio uma "Atualização Cumulativa para o Piloto Automático" (KB4523786). Sua instalação não é obrigatória – e, também, não recomendada pela própria Microsoft. Não se sabe o que ela poderia danificar (se é que isso ocorreria), mas a pergunta que não quer calar entre a base de usuários do sistema operacional é por que a Microsoft atualmente libera tantas atualizações problemáticas.

Histórico de consertos que provocam erros

Desde maio, os problemas começaram a pipocar web afora. Somente no último mês, os updates da Microsoft provocaram um erro crítico no menu Iniciar e impediram que o navegador Edge fosse aberto (KB4524147 – build 18362.388), mataram alguns usuários de susto com a tela azul da morte (versão KB4517389), causaram problemas na funcionalidade de pesquisa e impediram a execução do VMWare Workstation (versão KB4517211) – esta última atualização, disponibilizada para corrigir o áudio do PC, bloqueou o funcionamento de impressoras.

Com o último update que, segundo a empresa, deve resolver todos os bugs de uma vez por todas, a próxima grande atualização deve acontecer apenas em novembro.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft aconselha usuários a não instalarem atualização KB4523786