Voltz EVS: tudo sobre a moto elétrica brasileira

3 min de leitura
Imagem de: Voltz EVS: tudo sobre a moto elétrica brasileira
Imagem: Voltz

A Voltz Motors é a empresa brasileira que se dedica a "aumentar o acesso à eletrificação" no país. Seu catálogo conta com quatro modelos de motos elétricas no momento em que escrevemos essa publicação.

Um dos modelos mais populares da companhia é a Voltz EVS, modelo "Street" que chama a atenção pelo custo-benefício. Em parceria com o iFood, a empresa venderá a moto elétrica para entregadores do serviço por R$ 10 mil. No entanto, o valor de venda da motocicleta diretamente com a fabricante é mais alto. Saiba mais detalhes a seguir.

Autonomia e Potência da Voltz EVS

A Voltz EVS promete uma experiência com "tecnologia smart, conectividade e inteligência artificial". Ela pode ser adquirida com uma ou duas baterias e, escolhendo a segunda opção, pode rodar até 180 quilômetros com uma única carga, em uma velocidade média de 35km/h. Caso o cliente escolha a moto com apenas uma bateria, a única diferença é que a autonomia será reduzida para 120 quilômetros.

Tratando-se das baterias em si, cada módulo leva cinco horas para recarregar e essa estimativa de tempo não muda se você recarregar duas baterias ao mesmo tempo. Cada uma consome 2,4 kWh e a carga completa pode ser feita em qualquer tomada comum.

As baterias contam com tecnologia bivolt e tem garantia de 1.500 ciclos. (Voltz)As baterias contam com tecnologia bivolt e tem garantia de 1.500 ciclos. (Voltz)Fonte:  Voltz 

O motor Voltz que equipa essa moto tem 3.000w de potência, podendo chegar a picos de 7.000w. Sua aceleração vai de zero a 60km/h em seis segundos, com velocidade máxima de até 120km/h.

O motorista pode escolher entre três modos de condução, que são:

  • Eco: modo mais econômico.
  • Padrão: modo considerado ideal pela fabricante.
  • Turbo: modo que oferece mais potência e velocidade.

Tecnologia e Conectividade Smart

A EVS é um dos modelos vendidos pela Voltz que fazem parte do ecossistema ECO-V. Nele, as motos inteligentes ficam conectadas 24 horas aos servidores da empresa, o que permite monitorar tudo que acontece com o veículo.

A Voltz EVS é equipada com um painel de controle inteligente que pode ser conectado ao smartphone pelo aplicativo Hello Voltz. O motorista pode gerenciar o status de bateria, velocidade, modo de condução e localização, além de ver temperatura, hora, data e até o nome da pessoa que ligar durante uma viagem.

O smart controller é programado para enviar dados de pilotagem para o ecossistema em nuvem da Voltz. (Voltz)O smart controller é programado para enviar dados de pilotagem para o ecossistema em nuvem da Voltz. (Voltz)Fonte:  Voltz 

E falando do app Hello Voltz, alguns dos principais recursos e informações oferecidos incluem:

  • Condições da(s) bateria(s).
  • Número de ciclos da bateria.
  • Distância total percorrida.
  • Controle para ligar a moto.
  • Serviço de rastreamento da moto via GPS.
  • Serviço de report caso ocorra algum acidente.
  • Notificação caso alguém mexa na moto.

A EVS também possui um sistema de alto-falantes que permite escutar músicas ou direcionamentos do GPS enquanto a pessoa pilota.

Cuidados e disponibilidade

Assim como outros modelos de motos elétricas da Voltz, a EVS não necessita de revisões programadas — a troca de peças desgastadas com o tempo já é suficiente, aponta a fabricante. De acordo com a empresa, essa moto elétrica é composta por um décimo da quantidade de peças de uma moto a combustão, o que facilita a vida do usuário.

É valido reforçar que o motorista da moto elétrica, assim como qualquer outra, precisa ter habilitação tipo A e usar capacete. O emplacamento também é obrigatório.

Dimensões da Voltz EVS: C: 198cm x A: 134cm x L: 80cm. (Voltz)Dimensões da Voltz EVS: C: 198cm x A: 134cm x L: 80cm. (Voltz)Fonte:  Voltz 

A Voltz EVS pode ser adquiria a partir de R$ 19.990 com uma bateria. A moto com dois módulos tem um acréscimo de R$ 4.500. Na loja oficial da Voltz também é possível fazer a simulação de financiamento da moto em até 48 parcelas.

Existem sete opções de cores (Cinza, Preto, "All Black", Vermelho, Verde, Marrom e Azul) e a reserva de uma unidade custa R$ 500, que serão abatidos no final da compra. A empresa também sinaliza que a companhia pode entrar em contato "com algumas opções de cores que garantiriam menos tempo de espera".

Após a reserva, o tempo de espera para receber a motocicleta é de pelo menos 24 semanas. Vale notar que a companhia também sofreu para atender alguns pedidos recentemente — ou seja, para quem é apressado, vale a pena levar em conta a demora para colocar as mãos no veículo.

Os valores de entrada mínima também já são mostrados na simulação. (Voltz)Os valores de entrada mínima também já são mostrados na simulação. (Voltz)Fonte:  Voltz 

Até maio de 2022, tivemos um crescimento de 878% na venda de motos elétricas no Brasil. Segundo dados da FENABRAVE, as motos elétricas representam apenas 0,59% das motos emplacadas no Brasil na atualidade, mas os números mostram que existe um grande potencial para esse mercado no país.