Todo o mundo está sujeito a sofrer com desastres naturais. Para que ninguém seja pego de surpresa, foi aprovado o “Sistema de alerta de riscos de inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros”, para todo o Brasil. Quem fará o controle será o Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres), com apoio da Defesa Civil dos estados e municípios.

A decisão de expandir o projeto piloto, que já estava funcionando em alguns municípios do estado de Santa Catarina e do Paraná, foi tomada pelo grupo de trabalho liderado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Fazem parte desse grupo: Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoa), ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura) e o Cenad.

Anatel

O sistema envia mensagens de celular (SMS) aos usuários, alertando em caso de iminência de desastres naturais. O serviço começou a ser implantado em vinte municípios de Santa Catarina a partir de fevereiro deste ano, atendendo mais de 500 mil habitantes. Em junho, o projeto expandiu para mais cinco cidades do Paraná, beneficiando cerca de 100 mil moradores. O planejamento é de que, depois de instituído em todo o Brasil, empresas de TV por assinatura também sejam utilizadas para as notificações.

Aviso celular

Como será realizada a expansão?

Devido ao grande território nacional, a implantação do sistema acontecerá por etapas. Foram separados nove grupos compostos por estados, e a ordem de implantação será a seguinte:

  1.     Santa Catarina, Paraná, São Paulo;
  2.     Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo;
  3.     Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás;
  4.     Distrito Federal, Mato Grosso, Tocantins;
  5.     Bahia, Sergipe, Alagoas;
  6.     Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte;
  7.     Ceará, Piauí, Maranhão;
  8.     Pará, Amapá, Acre;
  9.     Amazonas, Rondônia e Roraima.

As prestadoras de serviço de telefonia móvel são responsáveis por encaminhar, até o final deste mês, à Anatel as datas para implantação do sistema nos estados.

Essa ideia começou a ser utilizada no Japão em 2007. Hoje em dia, mais de vinte países, como Canadá, Bélgica e Chile, utilizam ferramentas semelhantes para informar seus cidadãos.

Desastre natural

O cadastro acontecerá através de mensagem no celular, convocando para aderir ao projeto. A mensagem será a seguinte: “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”. Após responder, o usuário receberá uma mensagem informando que o número está cadastrado. Caso não queira o serviço – que é gratuito – poderá cancelar por mensagem de celular.