O número de contratos feitos pelos brasileiros para serviços de banda larga fixa continua a crescer. Só nos últimos 12 meses, segundo a Anatel, tivemos um aumento de 5,85% nos contratos feitos para isso; destes, os “líderes” são os pequenos provedores regionais, com 989.400 novos contratos nesse período.

É claro que elas não foram as únicas. Com exceção da BT, que teve uma queda de 28,17% em suas assinaturas, todos os outros provedores analisados pela Anatel cresceram no número de contratos. A TIM, por exemplo, seguiu na liderança entre os grandes nomes, com 20,99% de aumento; já em segundo e terceiro lugar temos a Sky e a Cabo, com 19,03 e 12,83%, respectivamente.

Banda larga fixa cresce no país

Listando o crescimento por região, o Amapá foi o que teve maior crescimento, com 48,18%. Seguido dele, temos o Rio Grande do Norte, com aumento de 18,27%, e o Ceará, com 14,41%. A melhor notícia de todas é que não houve uma queda no número de contratos, nesse espaço de tempo, em nenhuma parte do Brasil.

Infelizmente, os números referentes apenas a julho de 2017 não são tão animadores assim. Em comparação ao mesmo mês em 2016, Minas Gerais caiu em 1,12%; Alagoas, Pernambuco e Rio Grande do Sul também tiveram quedas, mas estas abaixo de 1%. Ao menos outras regiões continuam no positivo, com o Amapá trazendo um aumento de 5,15%, o Rio Grande do Norte ganhando mais 3,83% e Santa Catarina crescendo em 2,67%.

Cupons de desconto TecMundo: