A Microsoft poderá apagar e desativar aplicativos já instalados em seu computador quando bem entender. A medida será possível no Windows 8 e, segundo a empresa, visa travar ações maliciosas ou softwares com falhas baixados da Windows Store.

O sistema de funcionamento é comum em lojas de aplicativos online, e tanto a Apple quanto a Google adotam ferramentas semelhantes. Contudo, no caso da Microsoft, a empresa afirmou que fará isso sempre que o aplicativo quebrar alguma regra da companhia ou colocar os dados do consumidor em risco.

Caso o software seja pago, a empresa de Bill Gates promete que o dinheiro será devolvido. Apesar de existirem ferramentas similares nas empresas concorrentes, a Apple nunca usou o recurso, mesmo quando removeu programas da App Store. Já a Google removeu aplicativos de smartphones Android em 2010 e em 2011.

Cupons de desconto TecMundo: