Efeito Elon Musk? Twitter perde mais três executivos

1 min de leitura
Imagem de: Efeito Elon Musk? Twitter perde mais três executivos
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Nesta terça-feira (17) a polêmica venda do Twitter para Elon Musk ganha novos capítulos, visto que mais três funcionários de alto escalão estão deixando a empresa, como confirmou a CNBC. Ilya Brown, vice-presidente de gerenciamento de produtos; Katrina Lane, vice-presidente de serviço do Twitter; e Max Schmeiser, chefe de ciência de dados.

Ainda na última quinta-feira (12), a empresa perdeu outros dois executivos: o chefe de consumidor Kayvon Beykpour e o líder de produtos de receita Bruce Falck. Após o anúncio, Beykpour publicou uma série de tweets dizendo que não foi sua decisão deixar a empresa e que a notícia de sua partida aconteceu enquanto estava em licença paternidade. Já Falck deixou agradecimentos às equipes com quem trabalhou, mas não citou outros detalhes.

Em um comunicado, a empresa anunciou que estaria interrompendo contratações e reduzindo custos. Já sobre a saída dos últimos três funcionários, um porta-voz do Twitter disse que eles estão deixando a empresa por novas oportunidades.

(Fonte: REUTERS/Dado Ruvic/Agência Brasil/Reprodução)(Fonte: REUTERS/Dado Ruvic/Agência Brasil/Reprodução)Fonte:  REUTERS/Dado Ruvic 

Corte de gastos e mais polêmicas

No dia 25 de abril, o Twitter aceitou a proposta de compra do bilionário por US$ 44 bilhões, cerca de R$ 208 bilhões em conversão direta. Musk já havia anunciado que tomaria medidas para a empresa reduzir custos, sendo uma delas cortar salários de executivos e do conselho.

No entanto, a proposta está pausada até que o Twitter confirme o volume atual de bots. Na última segunda-feira (16), Elon Musk e o CEO da empresa, Parag Agrawal, protagonizaram uma discussão na rede social sobre o assunto, que causou uma queda significativa nas ações da empresa — quase anulando todos os ganhos desde o anúncio da participação de Musk na plataforma.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes