Apple detém quase 80% do mercado de chips ARM para notebooks

1 min de leitura
Imagem de: Apple detém quase 80% do mercado de chips ARM para notebooks
Imagem: Apple/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Um recente relatório da Strategy Analytics apontou o aumento nas remessas de processadores baseados em ARM para notebooks. Os dados também mostram a rápida expansão do segmento tanto em termos financeiros quanto por unidades. E a principal culpada por isso é a Apple.

Em 2020, estima-se que as remessas dos chips aumentaram nove vezes em relação ao ano anterior. Para 2021, a previsão é um crescimento mais do que triplicado com o volume chegando a US$ 949 milhões.

Quadro de receita do segmento de chips ARM em 2021.Quadro de receita do segmento de chips ARM em 2021.Fonte:  Business Wire/Strategy Analytics/Reprodução 

Liderança da Apple

Impulsionada pelos processadores M1, a Apple possui a maior fatia do mercado de chips ARM. Os analistas da Strategy Analytics acreditam que a marca receberá 79% da receita total desse segmento em 2021.

A MediaTek ocupa o 2º lugar com 18% do market share, graças à liderança inicial do mercado de Chromebooks. Sem repetir o mesmo sucesso dos processadores mobile, a Qualcomm deve fechar o ano com apenas 3% do mercado mundial.

“Apesar da parceria com a Microsoft, a Qualcomm não conseguiu se estabelecer no mercado de notebooks. No curto prazo, a marca deve se concentrar nos Chromebooks para capturar parte da fatia da MediaTek”, disse Sravan Kundojjala, autor do relatório.

Por fim, o especialista diz que as fabricantes de chips ARM para notebooks precisarão aumentar o investimento em softwares. Esse deve ser um esforço extra das marcas para competir efetivamente com os processadores baseados em x86 da Intel e AMD.

Apple deve apresentar o novo MacBook Pro na próxima semana.Apple deve apresentar o novo MacBook Pro na próxima semana.Fonte:  Apple/Divulgação 

Expansão do portfólio da Apple

Agendado para o dia 18 de outubro, o próximo evento da Apple deve revelar os novos computadores com processador M1X. Segundo os rumores, a marca anunciará as versões do MacBook Pro com 14 e 16 polegadas.

Além disso, alguns vazamentos sugerem a estreia de uma versão avançada do Mac Mini e um Mac Pro compacto com chip ARM de 40 núcleos. Esses possíveis lançamentos devem contribuir para que a Maçã mantenha o domínio do segmento.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.