Qualcomm domina 70% do mercado de chips 5G, indica relatório

1 min de leitura
Imagem de: Qualcomm domina 70% do mercado de chips 5G, indica relatório
Imagem: Semiconductor Daily/Reprodução
Avatar do autor

A Strategy Analytics publicou um relatório sobre o mercado global de processadores para dispositivos móveis no primeiro trimestre de 2021. Em destaque, o documento mostra a Qualcomm como a marca com maior participação em termos monetários.

A fabricante americana detém 53% de participação de mercado, enquanto a MediaTek aparece em 2º lugar com 25% e a Samsung LSI fecha o pódio com 10% de market share. A Intel e a Unisoc completam a lista das cinco maiores fornecedoras de chips mobile.

Processador Snapdragon 888 se tornou o carro-chefe da Qualcomm.Processador Snapdragon 888 se tornou o carro-chefe da Qualcomm.Fonte:  Elena Tech/Reprodução 

Domínio do 5G

Entretanto, a Qualcomm é a líder isolada do segmento de processadores com tecnologia 5G. Conforme os dados, a participação da empresa foi de cerca de 70% no primeiro trimestre de 2021.

“O aumento da participação da Qualcomm foi impulsionado pelo crescimento dos celulares Android com 5G. O processador Snapdragon 888 teve uma estreia forte e está presente em muitos dispositivos populares”, destaca Srava Kundojjala, autor do relatório.

Conforme o especialista, a fabricante se beneficiou da retração da HiSilicon devido às sanções comerciais do governo estadunidense. As ações também fizeram a marca chinesa de semicondutores deixar o ranking geral dos cinco maiores fornecedores de chips.

Por fim, o relatório destaca o grande crescimento da MediaTek. Além de aumentar a receita base em 162% ao longo do ano, os processadores Dimensity com tecnologia 5G se tornaram fortes rivais do modelos Snapdragon da Qualcomm.

MediaTek teve amplo crescimento com a participação do segmento 5G.MediaTek teve amplo crescimento com a participação do segmento 5G.Fonte:  MediaTek/Divulgação 

Recuperação do setor

O documento da Strategy Analytics também mostra o crescimento expressivo do setor no primeiro trimestre de 2021. Aliado ao rápido desenvolvimento das tecnologias 5G, esse é um sinal da recuperação do mercado de smartphones após o impacto do coronavírus.

Assim, a receita básica das companhias fornecedoras de processadores para dispositivos móveis foi de US$ 7,4 bilhões – cerca de R$ 36,4 bilhões. Isso significa um aumento de 27% em relação ao resultado do mesmo período em 2020.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Qualcomm domina 70% do mercado de chips 5G, indica relatório