EUA investigam empresas de jogos ligadas à chinesa Tencent

1 min de leitura
Imagem de: EUA investigam empresas de jogos ligadas à chinesa Tencent
Imagem: https://www.dinheirovivo.pt/tecnologia/tencent-vai-investir-70-mil-milhoes-em-nova-infraestrutura-tecnologica/
Avatar do autor

Após os EUA banirem o WeChat, aplicativo da Tencent, em agosto, o governo Trump está expandindo suas investigações para outras companhias ligadas à gigante de tecnologia chinesa. O Comitê de Investimentos Estrangeiros dos Estados Unidos (CFIUS, na sigla em inglês) está questionando companhias como a Epic Games e a Riot Games sobre seus protocolos de segurança ao manipular os dados pessoais de clientes americanos.

O comportamento do governo americano já era esperado, e deve incluir todas as empresas ligadas à Tencent que operam no país.

A Tencent é a maior empresa se jogos eletrônicos do mundo, sendo dona da Riot Games, desenvolvedora do League Of Legends, e tendo 40% de participação na Epic Games, responsável por lançar o Fortnite. A companhia ainda controla outras empresas (ou parte delas), que estão à frente de games como o PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUB), o Clash of Clans e o Clash Royale.

Guerra comercial entre EUA e China fica acirrada com aproximação das eleições presidenciais americanas.Guerra comercial entre EUA e China fica acirrada com aproximação das eleições presidenciais americanas.Fonte:  Bloomberg/Reprodução 

"Segurança nacional"

O objetivo do governo americano é manter intacta a "segurança nacional", impedindo que companhias chinesas compartilhem dados de cidadãos americanos com o governo do seu país.

Por isso, o CFIUS tem autoridade para analisar aquisições completas, assim como investimentos provenientes de empresas parceiras, sejam eles comunicados oficialmente ou não, e pode recomendar ao presidente Donald Trump que ele bloqueie ou desfaça negócios.

Desde 2018, o CFIUS tem poder para investigar transações de empresas estrangeiras, envolvendo investimentos de parceria, caso o tratamento de dados pessoais de cidadãos americanos esteja entre as atividades dessas companhias.

Sobre o banimento do WeChat, a abrangência das restrições ao aplicativo deverá ser anunciada pelo Departamento de Comércio a partir desta semana.

No momento, nenhuma das empresas, assim como o Departamento do Tesouro (responsável pelo CFIUS), se pronunciou sobre o início das investigações.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
EUA investigam empresas de jogos ligadas à chinesa Tencent