inteligência artificial tem melhorado muito a vida dos consumidores, especialmente os usuários de smartphones. Facilidades que nos levam a questionar como vivíamos sem as tais.

Essa adaptação das pessoas à assistência dos seus dispositivos tem motivado as marcas a investirem mais nessa tecnologia. Levando-a até para lugares não imagináveis, como o controle remoto.

Um bom exemplo disso é a atenção que a Samsung tem dado para a sua – até então tímida –Bixby, apresentada como recurso diferencial nos galaxys S8 e agora presente nos aparelhos de primeira linha da empresa.

Samsung quer tornar sua assistente oficial uma referência nesse mercado, destacando-a por sua inteligência na interação com o usuário.

E parece que os planos têm dado certo para o departamento de inteligência artificial da Sul-coreana. A Samsung obteve o primeiro lugar em duas das principais competições voltadas para AI do mundo: a MARCO MS, promovida pela Microsoft, e a Trivia QA da Universidade de Washington.

Em ambas, os softwares passaram por uma bateria de testes que compreendiam leitura e reconhecimento de dados, a fim de medir suas capacidades de análise e compreensão, convertendo o volume de informações em respostas práticas e verdadeiras.

Não foi a Bixby que foi posta à prova, mas o software ConZNet que foi desenvolvido pelos laboratórios de AI da Samsung. Mesma equipe de inteligência que tem a Bixby como centro de todo o desenvolvimento.

Assim, podemos esperar que os avanços alcançados por essa turma logo logo impactará em melhorias para a querida assistente da marca, elevando-a a outro nível de interação com os usuários dos gadgets.

Não é nada incomum ver projetos grandes caírem no esquecimento e tecnologias promissoras serem abortadas por falta de aceitação do público. Mas, pelo andar da carruagem, a presença da Samsung em inteligência artificial está prestes a ganhar novos patamares com a Bixby, para amedrontamento das rivais.

Será? Você acha que há chances da assistente desbancar suas concorrentes? Deixe sua opinião nos comentários.