Criado pela Universidade de Tóquio tendo em mente pessoas com deficiência visual, o aparelho do vídeo acima permite que alguém consiga “tocar” e sentir objetos virtuais apresentados em uma tela. No futuro, o sistema poderia ser utilizado, por exemplo, para que espectadores de televisão pudessem sentir objetos mencionados em algum programa.

A invenção criada pela universidade japonesa funciona por meio de cinco pontos de pressão aplicados ao dedo de seu usuário – diferentemente de outros sistemas táteis inventados anteriormente, que contavam com apenas um ponto de pressão.

Quando alguém encosta o dedo sobre os pontos (como é possível visualizar no vídeo acima), a invenção consegue aplicar pressão em determinados pontos do mesmo modo que aconteceria caso o usuário tocasse em um objeto real. De acordo com um representante da universidade, o sistema ainda não é muito convincente em representar superfícies arredondadas, mas funciona muito bem com vértices e arestas bem definidas.

Cupons de desconto TecMundo: