O governo federal, encabeçado pelo presidente Michel Temer, está correndo contra o tempo para fechar alianças em prol da reforma da Previdência. Para acelerar o processo, o Planalto tentou comprar a ajuda influenciadores digitais do LinkedIn, mas o movimento não saiu como planejado.

De acordo com o Poder360, o Planalto buscou três influenciadores do Linkedin: Matheus de Souza, com 86 mil seguidores; Murillo Leal, com 255 mil seguidores; e Flavia Gamonar, com 673 mil seguidores.

Combater a corrupção começa com cada um de nós

"Receber uma proposta dessa e poder cobrar o que você quiser pode mexer com a cabeça de muita gente. Mas por uma questão ética e de valores pessoais decidi não aceitar", comentou Flavia Gamonar no LinkedIn, adicionando que foi contatada para "escrever sobre um assunto polêmico e que grande parte da população é contra" e que "combater a corrupção começa com cada um de nós".

Já o nômade digital Matheus de Souza disse que acordou "com um convite do Governo Federal para falar bem da reforma da Previdência". Souza adiciona que o governo está investindo pesado em publicado e que "deixou de ganhar um bom dinheiro", mas está tranquilo.

O Palácio do Planalto soltou uma nota sobre o caso, que você acompanha na íntegra: "É uma prática comum do mercado de comunicação utilizar-se de porta-vozes para transmitir mensagens à sociedade. Também é pratica usual de empresas que oferecem esse tipo de serviço, atuarem proativamente e apresentarem propostas comerciais a marcas e governos. Para isso, consultam antecipadamente, os possíveis contratados, para saber de sua disponibilidade em participar ou não com tais depoimentos. O Governo não solicitou os contatos aos usuários do Linkedin e a proposta apresentada não foi autorizada".

poderDepoimento de Flavia

  • Vale notar que nos últimos meses o Governo Temer aumentou sua presença — e o dinheiro gasto — em spots para TV, rádio e redes sociais. Quadros feitos para o YouTube também seguem formuladas batidas por outros canais para tentar criar uma viralização de conteúdo.

Cupons de desconto TecMundo: