Aprender a programar ajuda a desenvolver uma série de habilidades, como a criatividade, o raciocínio lógico e o pensamento computacional. Por isso, o Doodle do Google celebra hoje os 50 anos da primeira linguagem de programação dedicada a ensinar as crianças a usarem os códigos: a Logo.

Ele foi desenvolvido por duas equipes da própria Google (Google Doodle e Google Blocky) em parceria com a MIT Scratch. Este é o primeiro Doodle programável da história, ou seja, ele deixa o usuário utilizar códigos e comandos para resultar em ações. E é claro que ele tem um aspecto lúdico para as crianças, então, a execução dos comandos resultam em movimentos de um simpático coelho na tela.

DoodleDoodle de hoje comemora os 50 anos da Logo e deixa você programar.

Logo e crianças programando

Desnvolvida durante os anos 1960, a Logo permitia às crianças programar os movimentos de uma tartaruga sobre uma tela preta, “dando a elas a oportunidade de explorar ideias de matemática e ciência”, descreve o diretor de comunicações e membro da equipe Scratch, do MIT, Champika Fernando. Ela foi criada dentro do próprio MIT por Seymour Papert e outros pesquisadores e marcou época por seu pioneirismo, por isso é relembrada agora pelo principal buscador da internet.

Atualmente, a equipe Scratch do instituto de tecnologia mais famoso dos Estados Unidos trabalha justamente desenvolvendo linguagens de programação para crianças. Com elas, “as crianças podem criar as suas próprias histórias interativas, jogos e animações usando blocos de código iguais aos do Doodle de hoje”, registra Fernando, que já foi funcionário da Google.

Entusiasmado com a ideia de milhões de pessoas tendo o seu primeiro contato com a programação graças à página inicial da Google, o diretor de comunicação da Scratch torce para que as pessoas tenham uma experiência “envolvente e engajadora” e se sintam “encorajadas para seguir adiante”.

Cupons de desconto TecMundo: