Você possivelmente está acompanhando todo o caso envolvendo o Daily Stormer, desde o fato de ele ter publicado uma matéria zombando da morte de Heather Heyer durante um protesto contra a manifestação neonazista ocorrida nos Estados Unidos (o que causou a remoção de diversos links no Facebook) e até a menção de que ele havia ressurgido na dark web após ser expulso do Google e do Go Daddy, mas parece que esses esforços não foram o bastante.

Segundo informações que estão correndo a rede, agora o site está acessível por meio do domínio DailyStormer.ru, além de contar com um visual um pouco diferente do visto no modelo original. Também há relatos de que alguns artigos que estavam presentes na página original acabaram se perdendo nessa migração.

“O que aconteceu é que nós ganhamos bastante publicidade por conta da mídia, e precisávamos trabalhar em uma forma de capitalizar isso e levar nossas ideias para além da esfera pública”, comentou Andrew Anglin, fundador do site.

Nós ganhamos bastante publicidade por conta da mídia, e precisávamos trabalhar em uma forma de capitalizar isso

Também vale mencionar que, agora, o site possui uma comunidade no VK, página similar ao Facebook que está hospedada na Rússia. Entretanto, o número de seguidores neste grupo ainda é baixo (no momento da publicação dessa notícia, ele era de pouco mais de 120 membros).

Relembrando o caso

Toda a história começou quando James Alex Fields Jr. utilizou um carro para atropelar diversas pessoas, (34 no total, sendo Heather a única vítima fatal do ocorrido). Por conta dessa ação ele foi preso e teve a sua liberdade por meio de pagamento de fiança negada pelo juiz (houve até a tentativa de arrecadar fundos para ajudá-lo), e agora ele aguarda um novo julgamento que está agendado para acontecer em 25 de agosto.

Cupons de desconto TecMundo: