Se você acompanhou os noticiários no sábado (12) deve ter lido ou ouvido sobre o ataque em Charlottesville, nos Estados Unidos, no qual James Alex Fields Jr. utilizou um carro para atropelar diversas pessoas, entre elas Heather Heyer, que infelizmente faleceu. Como em qualquer fatalidade como essa, começaram a surgir diversos links falando sobre o assunto no Facebook, inclusive um artigo do site Daily Stormer que zombava da vítima fatal.

O link, que foi removido da página original, mencionava em seu título que Heather era uma mulher “gorda e sem filhos”, e foi compartilhado mais de 65 mil vezes no Facebook como é possível ver na imagem que apresentamos mais abaixo. Entretanto, os responsáveis pela rede social estão tomando as medidas cabíveis para que eles sumam, já que violam os termos da comunidade (eles aparentemente só vão permanecer se estiverem associados a uma crítica ao site, que contém conteúdo nazista).

Curiosamente, essa não é a única medida adotada contra o Daily Stormer. Segundo relatos que estão na rede, o site perdeu o seu domínio, bem como o canal no YouTube por violar os termos de serviço da página.

Relembrando o fato

Além da morte de Heather, no fim de semana do ocorrido outras 33 pessoas ficaram feridas durante o protesto contra a marcha da extrema-direita dos EUA, que é contra negros, imigrantes, gays e judeus. Na última segunda-feira (14), Fields teve a sua liberdade por pagamento de fiança negada pelo juiz Robert Downer, e agora o jovem vai aguardar um novo julgamento, que está agendado para o dia 25 de agosto.

Cupons de desconto TecMundo: