(Fonte da imagem: Android Advices)

A parceria entre a HTC e a Beats pode estar chegando ao fim. De acordo com o jornal Wall Street Journal, a empresa fundada por Dr. Dre está pensando em comprar a participação remanescente da fabricante de smartphones taiwanesa – uma medida que mostra que a aquisição não gerou bons resultados para ambas as partes.

A HTC adquiriu 50,1% de participação na Beats em agosto de 2011 por 300 milhões de dólares, com a esperança de aumentar sua visibilidade no mercado americano ao incorporar o sistema de áudio e fones de ouvido da marca em seus smartphones.

Resultados pífios

Porém, o investimento não gerou o retorno esperado. A receita e os lucros da HTC estão em baixa – a empresa revelou recentemente uma queda de 98% em seus lucros –, o que acabou obrigando a companhia a vender metade de sua participação de volta à Beats em meados de 2012.

"Eu não tenho visto muita sinergia na cooperação", disse Laura Chen, analista do BNP Paribas ao WSJ. Segundo Laura, a Beats tem design e um sistema de áudio avançado, mas isso não ajudou a HTC a vender mais smartphones de forma significativa.

Novos caminhos

De acordo com o TechCrunch, ainda não está claro o que esta sucessão de eventos pode significar para a Beats. Segundo as fontes do WSJ, a empresa estaria em busca de um novo investidor para ampliar seus negócios.

Para o Venture Beat, o rumor de um novo sócio coincide com os preparativos da Beats para lançar um serviço de streaming de música. O movimento é parte de uma tentativa de fortalecer a marca no mercado musical, evitando que ela seja associada apenas como uma fabricante de fones de ouvido.

Se realmente a Beats comprar a parte restante da HTC, isso também pode significar novas parcerias no mercado de smartphones para empresa. Outras companhias podem obter licença da fabricante para lançar smartphones com sua tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: