A Google é uma das maiores gigantes da tecnologia por uma razão: ela não para. E um dos próximos passos dela é acelerar (ainda mais) o carregamento de páginas na internet com um novo protocolo open-source chamado SPDY, que poderia deixar a navegação até 64% mais rápida.

Esse novo protocolo, na realidade, não é completamente novo, já que ele existe desde o final de 2009. Porém, somente agora a Google está transformando a sua criação em algo real para o consumidor final, disponibilizando o SPDY embutido em um software de otimização de sites, o Site Optmizer da Strangeloop. Os usuários da ferramenta já estão experimentando uma navegação de 10 a 20% mais acelerada.

Por enquanto, o único navegador que suporta esse novo protocolo é o Google Chrome para desktop, como é de se imaginar. Porém é muito provável que se ele realmente vingar, os outros navegadores precisem se adaptar e agregar suporte também.

Um dos possíveis motivos para todos esses esforços da Google em deixar a internet mais rápida é o Chrome OS, o seu sistema operacional, quase que completamente baseado em webapps e computação na nuvem. Ter uma internet mais rápida pode ser uma prioridade para a empresa, pois dessa forma as chances do seu SO entrar de vez no mercado são muito maiores.

Cupons de desconto TecMundo: