Qual é o futuro da arquitetura? Como serão as construções daqui a 20 ou 30 anos? É difícil prever como serão as estruturas do amanhã com exatidão, porém já temos alguns vislumbres desse futuro não tão distante de nós com algumas edificações icônicas espalhadas atualmente pelo mundo.

A arquitetura interfere diretamente na relação das pessoas com as cidades em que vivem e influenciam os habitantes de diferentes maneiras, seja de modo positivo ou negativo. E será que estamos indo na direção de estilos e planejamentos melhores e mais interessantes ao homem?

Pensando nisso, o arquiteto Marc Kushner, cofundador do estúdio HMWN e do site Architizer, oferece no livro "O Futuro da Arquitetura em 100 Construções" um vislumbre do amanhã. A verdade é que Kushner poderia ter falado sobre várias outras construções e listado até 1 mil edifícios, porém somente as estruturas consideradas mais significativas por ele foram enumeradas. A arquitetura atual é abastecida pela aceleração da tecnologia e pela inovação nos materiais utilizados, que priorizam projetos inteligentes, sustentáveis e mais humanos – itens levados em consideração por ele para figurarem no livro.

Diferentes fases com as suas influências

Assim como nos anos 70 a arquitetura passou pela fase do Brutalismo (caracterizada pela radicalização dos preceitos modernos) e nos anos 90 pelo conceito do Desconstrutivismo (conhecido pela fragmentação e pelos desenhos não lineares), é muito possível que hoje estejamos em um período arquitetônico chamado Experimentalismo.

Um aspecto interessante apontado por Kushner é o fato de que hoje as pessoas estão muito mais ativas e participativas em relação à arquitetura – e não exclusivamente os profissionais do ramo. Com o advento da tecnologia dos dispositivos móveis, quase todos se tornaram fotógrafos de edifícios, prédios e paisagens arquitetônicas (basta olhar o Instagram para conferir esse fenômeno).

Você pode conferir a apresentação de Kushner no TED (legendas em português) em que esse assunto é abordado com mais detalhes no vídeo abaixo:

As pessoas realmente podem dizer como se sentem em relação a um projeto ou outro, e é a força desse comportamento que está mudando o modo como muitas empresas e arquitetos enxergam as suas construções atuais e futuras. A opinião não está mais nas mãos de um grupo seleto, porém entre pessoas de origens diversas e com experiências diferentes.    

Das 100 construções mencionadas por Kushner, nós listamos aqui oito delas para vocês. Enquanto algumas já existem, outras ainda estão no papel – porém possuem grandes chances de se tornarem realidade ou se popularizarem em breve. Prepare-se para conhecê-las melhor logo abaixo e imaginar com a gente como serão as edificações do futuro:

 1 – Aqua Tower

O Aqua Tower é um arranha-céu de Chicago projetado pela arquiteta Jeanne Gang, do estúdio Gang Architects. A fachada de vidro possui diversas varandas que mudam de tamanho gradativamente de acordo com o andar, criando um efeito ondulado. Inclusive, algumas das varandas se estendem para mais de três metros da fachada dos andares.

A inspiração do edifício está na região dos Grandes Lagos, onde a cidade de Chicago está localizada. O Aqua Tower foi um dos primeiros edifícios que fez a união de apartamentos residenciais, escritórios empresariais e um hotel no mesmo lugar – modelo hoje replicado em diversas partes do mundo.

2 – Complexo Social em Alcabideche

Esse complexo social para idosos está localizado em Portugal e é caracterizado por construções que são verdadeiros quadrados brancos em meio a um espaço verde. O objetivo é reconstruir o estilo de vida do mediterrâneo, equilibrando a privacidade dos moradores com a vida em sociedade – e é por isso que os espaços exteriores são prolongamentos das casas com praças e jardins.

Promovido pela Fundação Social do Quadro Bancário, a qualidade urbana e paisagística do complexo propõe criar um melhor apoio às pessoas de terceira idade. As coberturas brancas das unidades do alojamento se acendem de noite e em caso de emergência, elas se tornam vermelhas. Um edifício central garante a assistência de todos os serviços necessários para manter um bom funcionamento do conjunto e a qualidade de vida dos habitantes.

3 – Blob VB3

O Blob VB3 é uma unidade móvel projetada pelo estúdio DMVA. Essa aparência em formato de ovo consegue abrigar um banheiro, uma cozinha e uma cama. Além disso, os espaços nas paredes permitem que você guarde os mais variados itens, sejam roupas, livros ou objetos de decoração. Você pode entrar no Blob por uma porta lateral ou por uma entrada frontal que abre de baixo para cima.

É claro que o Blob VB3 não possui o intuito de substituir nenhuma casa de verdade. Trata-se de um projeto conceitual que quer funcionar mais como extensão dos lares das pessoas, podendo ser inserido nos mais variados espaços externos. Nas palavras de Kushner, o Blob VB3 é realmente experimental.

4 – Dune

O Dune é um projeto do arquiteto Magnus Lorssen que tem como objetivo transformar áreas completamente desérticas em espaços que poderiam ser habitados por seres humanos e, inclusive, até se tornaram autossustentáveis. Ao misturar bactérias específicas com os próprios grãos de areia do deserto, é criado um tipo de massa suficientemente resistente e forte, capaz de sustentar as estruturas do projeto. Podemos vislumbrar melhor esse conceito nas imagens conceituais.

Trata-se de uma ideia verdadeiramente ambiciosa e que, por mais que não esteja tão perto de se tornar real (ou de ser prática), pode ajudar as populações que vivem próximas às fronteiras de desertos.

5 – Metropol Parasol

O Metropol Parasol, projetado pelo arquiteto alemão Jürgen Mayer-Hermann, é a maior construção de madeira do mundo, localizada na Espanha. Ele está na Praça La Encarnación e é organizado em quatro pisos diferentes, que incluem um mercado, um restaurante, locais com vistas panorâmicas e um museu com vestígios arqueológicos romanos e árabes da região.

A estrutura é formada por seis guarda-sóis em formato de cogumelos que são furados (como se fossem peneiras), criando um efeito visual bastante único e destoante dos arredores.

6 – 1111 Lincoln Road

O 1111 Lincoln Road está localizado em Miami, nos Estados Unidos. Essencialmente, ele é um estacionamento, porém o local também é palco de diversos casamentos devido à estrutura única que possui. É um projeto da Herzog & de Meuron e, de certo modo, pode ser entendido como parte do Brutalismo (que comentamos no início do texto), já que as estruturas da edificação estão expostas.

Os andares possuem alturas diferentes, e no último deles está localizado o espaço de eventos, que também conta com uma vista panorâmica da cidade de Miami. O 1111 Lincoln Road chama atenção justamente por não ser um mero estacionamento, mas sim uma estrutura que unifica diferentes tipos de ambientes em um só local – criando assim um espaço agradável e desejado.

7 – Eco Hotels

Os quartos do Hotel Endémico no México são caracterizados por interferirem minimamente na paisagem da região, já que se sustentam em um terreno íngreme com pequenas estruturas que funcionam como pernas estáticas. As cabines são compostas por quartos completos que oferecem tudo o que os hóspedes precisam. O diferencial, é claro, está no isolamento dessas cabines e no modo como elas se misturam naturalmente com a paisagem.

8 – Biblioteca de Seattle

A Biblioteca de Seattle pode comportar aproximadamente 1,45 milhão de livros e outros materiais – além disso, mais de 400 computadores estão disponíveis ao público. Com estruturas de vidro e aço, o lugar foi inaugurado em maio de 2004.

O visual futurista certamente é um dos principais destaques, chamando atenção e despertando a curiosidade das pessoas – ótimo para instigá-las a irem mais vezes ao espaço, já que é um local dinâmico por dentro e por fora. As chamadas plataformas flutuantes da Biblioteca de Seattle são envoltas em um tipo de rede de aço, proporcionando um desenho bastante irregular e interessante.  

---

Essas são algumas das edificações ou projetos listados por Marc Kushner que representam (de acordo com ele) o futuro da arquitetura. É claro que existem muitas outras construções icônicas e inovadoras espalhadas pelo mundo, que também demonstram como o futuro arquitetônico pode ser. Se você conhece mais alguns desses locais, compartilhe com a gente nos comentários.