Surtos de gripe aumentam no país; veja como prevenir doença

3 min de leitura
Imagem de: Surtos de gripe aumentam no país; veja como prevenir doença
Imagem: Shutterstock

Há algumas semanas, foi registrado um aumento significativo de casos de gripe no Rio de Janeiro. Outros estados também já começaram a alertar sobre problemas semelhantes, como é o caso do Amazonas, onde o surto causou a morte de mais de 60 pessoas durante o mês de novembro.

No Espírito Santo os números aumentaram significativamente, assim como em Minas Gerais e em São Paulo, onde o governo estado já cobrou o Ministério da Saúde sobre uma manifestação urgente quanto ao cenário epidemiológico da gripe no Brasil.

A culpa é do vírus influenza A H3N2 e, apesar da vacina contra a gripe ser composta por uma cepa da H3N2, ela não cobre a variante Darwin que está em circulação nessas cidades, segundo especialistas ouvidos pelo jornal Folha de S.Paulo. Originalmente, a Darwin foi descoberta na Austrália.

Lave as mãos com água e sabão sempre que possívelLave as mãos com água e sabão sempre que possívelFonte:  Shutterstock 

"Todos os anos a gente muda a receita da vacina [contra o H3N2]. Para 2022, a OMS já mudou. Será a influenza A H3N2 Darwin. É a cepa que a Fiocruz identificou no surto do Rio", disse a infectologista, professora da Unifesp e coordenadora da testagem do Hospital São Paulo, Nancy Bellei, à Folha.

A prevenção é a melhor medida

Há alguns dias, já havia sido registrado mais de 21 mil pessoas diagnosticadas com o vírus Influenza no Rio de Janeiro. Para evitar essa situação em outros estados, é necessário adotar medidas de prevenção.

Entre os sintomas causados pela cepa Darwin estão febre alta, garganta inflamada, dor no corpo, tosse, falta de ar, fadiga, calafrios, dores de cabeça, corpo e articulação — inclusive, são sintomas comuns causados por todos os tipos de Influenza.

8 medidas para se prevenir

Lave as mãos e use álcool em gel

Lave as mãos até quando não achar necessário, com água e sabão. E se não estiver próximo de um banheiro, principalmente quando estiver fora de casa, use álcool em gel 70%.

Lave todos os cantinhos das suas mãosLave todos os cantinhos das suas mãosFonte:  Shutterstock 

Mantenha distância

Sempre que possível, em locais públicos e fechados, como filas de banco ou supermercados, tente manter distância de 1,5 metros e evite contato físico com as pessoas que estão no mesmo ambiente.

Use máscara

O uso de máscaras é excelente para prevenir o contato com diversos tipos de vírus, principalmente se você está infectado. Por exemplo, usar máscaras em locais fechados reduz a chance de infecção.

Evite tocar o rosto (principalmente olhos e boca)

Uma das ações mais simples e efetivas é evitar tocar o rosto com as mãos sujas, já que você pode se infectar mais rapidamente — se precisar coçar o rosto, use álcool em gel antes e esteja em um lugar adequado.

Evite locais fechados

Nem sempre é possível, ainda mais se você precisa sair para trabalhar. Contudo, tente evitar sair para locais fechados e aglomerados e, se precisar, siga as outras dicas dessa lista — não se esqueça de sair com o seu frasco de álcool em gel. Sempre prefira ambientes abertos e ventilados.

Não compartilhe itens pessoais

Não compartilhe alimentos, copos, toalhas e outros objetos de uso pessoal. Assim, você evita causar infecções ou se infectar com algum vírus — inclusive, todas as dicas também servem para a prevenção de outras gripes e até contra o coronavírus SARS-CoV-2.

Tenha uma vida saudável

Pratique exercícios físicos e mantenha uma boa forma, pois isso vai ajudar a reforçar a sua imunidade, diminuir o estresse e estimular a circulação. Equilibrando com uma dieta balanceada e nutritiva, você pode fortalecer a sua imunidade contra os riscos causados pela gripe.

Tome a vacina

Sabemos que ainda não há uma vacina para a cepa Darwin, porém, os cientistas explicam que a imunização por vacinação é a melhor forma de prevenção em  todos os casos. Ou seja, assim que possível, vacine-se.