Mais de 170 flamingos morrem em encontro com onças em Foz do Iguaçu

1 min de leitura
Imagem de: Mais de 170 flamingos morrem em encontro com onças em Foz do Iguaçu
Imagem: Reprodução/Facebook/Parque das Aves
Avatar do autor

O Parque das Aves, um dos principais pontos turísticos de Foz do Iguaçu (PR), perdeu 172 flamingos na madrugada desta terça-feira (09) após 2 onças-pintadas entrarem no recinto que abriga as aves. Apenas 4 flamingos sobreviveram à invasão.

As aves morreram tanto pelo encontro direto com as onças quanto pelo estresse provocado pela situação, um fenômeno conhecido como miopatia de captura. Os felinos Indira e seu filhote Aritana, que está aprendendo a caçar, vivem no Parque Nacional do Iguaçu, bem próximo ao local onde aconteceu o incidente.

A colônia de flamingos teve origem em 1995 com a chegada de 16 aves resgatadas que foram tratadas e começaram a se reproduzir. “Essa cicatriz ficará para sempre na história do Parque, porém estamos confiantes de que recomeçaremos a colônia de flamingos e uma nova história”, afirmou a instituição em nota divulgada no Instagram.

Parque das Aves

O recinto dos Flamingos era uma das principais atrações do Parque das Aves. (Fonte: Reprodução/Facebook/Parque das Aves)O recinto dos Flamingos era uma das principais atrações do Parque das Aves. (Fonte: Reprodução/Facebook/Parque das Aves)Fonte:  Reprodução/Facebook/Parque das Aves 

O local comemorou, em setembro, a marca de 10 milhões de visitantes recebidos desde 1994, quando foi fundado. A atração turística decretou luto de 3 dias e foi fechada para visitação, devendo ser reaberta ao público na sexta-feira (12).

O parque temático tem uma área de reserva ambiental com 16 hectares de mata nativa que abriga 1,5 mil animais de 140 espécies. A instituição é a única no mundo especializada na preservação de aves da Mata Atlântica e conta com répteis e mamíferos. Entre os principais destaques da atração, estão viveiros com mais de 100 araras e uma população de mais de 300 periquitos e tucanos.