Cientistas australianos descobrem dois novos mamíferos

2 min de leitura
Imagem de: Cientistas australianos descobrem dois novos mamíferos
Imagem: Wikipedia Commons/Benjamint444/Reprodução
Avatar do autor

O grande planador é um marsupial do tamanho de um gambá, endêmico no país (ou seja, ele é característico da Austrália). Há muito que cientistas, à vista da variedade de cores e formas que ele apresenta, desconfiavam que sua espécie, classificada como Petauroides volans, não era uma só. Bingo: pesquisadores de três universidades do país descobriram que, em vez de uma, são três as espécies abrigadas sob o gênero Petauroides.

"Especula-se há um bom tempo que poderia haver mais de uma espécie de grande planador. Agora, temos o DNA para provar essa ideia. Isso mudará toda a maneira como estudaremos esses animais", disse a bióloga Denise McGregor, da Universidade James Cook (JCU).

O grande planador, endêmico nas florestas no sudoeste do país.O grande planador, endêmico nas florestas no sudoeste do país.Fonte:  JCU/Steven Kuiter/Divulgação 

A ideia de investigar as semelhanças e diferenças genéticas entre espécimes de grandes planadores surgiu quando ela analisava a distância que esses animais alcançavam (eles planam a até cem metros), além da variedade de tamanho e fisiologia entre espécimes.

O sequenciamento genético dos exemplares contou com o esforço conjunto das universidades Nacional da Austrália (ANU) e de Camberra (UC) e mais da Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth (CSIRO), e confirmou que os grandes planadores da Austrália, na verdade, se dividem em não uma, mas três espécies.

"Não é todo dia que a existência de novos mamíferos são confirmados, muito menos dois de uma vez", disse, em comunicado, o zoólogo Andrew Krockenberger, da JCU.

Na imagem, as novas espécies: acima, à esquerda, o Petauroides minor; abaixo, o P. armillatus; e à direita, o P. volans.Na imagem, as novas espécies: acima, à esquerda, o Petauroides minor; abaixo, o P. armillatus; e à direita, o P. volans.Fonte:  JCU/Denise McGregor 

Ainda em risco de extinção

As boas novas, porém, não diminuem a preocupação com os animais: grandes planadores são classificados como vulnerável na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). A situação é ainda mais crítica frente à ferocidade com que, nos últimos anos, os incêndios sazonais têm devastado as florestas da Austrália.

"Como resultado, tem havido um foco maior na compreensão da diversidade genética e estrutura das espécies para proteger sua capacidade de sobreviver e de se adaptar às mudanças climáticas e seus efeitos", disse a ecóloga Kara Youngentob, da ANU.

Os incêndios na Austrália este ano mataram quase meio bilhão de animais.Os incêndios na Austrália este ano mataram quase meio bilhão de animais.Fonte:  The New York Times/Matthew Abbott/Reprodução 

Segundo ela, "se antes ele era dividido apenas em duas subespécies, a existência de três espécies de grandes planadores reduz sua distribuição anterior pelo país, aumentando ainda mais a preocupação com a conservação daquele animal e destacando a falta de informações sobre as outras espécies de grande planador. Sabemos muito sobre uma e pouco sobre duas outras".

A pesquisadora ressalta ainda que, pelo menos na última década, a Austrália registrou declínios alarmantes nas populações dos grandes planadores em seus habitats naturais, como as florestas de eucalipto de Mossman, em Queensland, e nas de Daylesford, em Victoria.


Cientistas australianos descobrem dois novos mamíferos