SpaceX planeja lançar internet Starlink globalmente em setembro

1 min de leitura
Imagem de: SpaceX planeja lançar internet Starlink globalmente em setembro
Imagem: Starlink/Reprodução
Avatar do autor

A internet fornecida pela constelação de satélites Starlink, da empresa de exploração espacial SpaceX, deve começar a operar comercialmente e a nível mundial a partir de setembro de 2021.

Quem confirmou a data foi a presidente da companhia, Gwynne Shotwell, durante uma videoconferência. "Nós já lançamos com sucesso 1.800 satélites ou mais e, uma vez que esses satélites atinjam a sua órbita operacional, nós teremos cobertura global contínua, o que deve acontecer na janela de setembro", afirma a executiva.

Desafios pela frente

Entretanto, vale lembrar que cada país precisa regulamentar e aprovar o fornecimento do serviço da Starlink antes do início das operações. A pré-compra para interessados no Brasil não é barata: custa US$ 99 apenas para a realização do cadastro.

Outro problema recentemente descoberto é a temperatura: uma onda de calor nos Estados Unidos gerou desligamentos não programados nos equipamentos de recepção da marca, fazendo o sinal cair.

Entretanto, a impressão de quem já testou a conexão é positiva, especialmente em locais mais remotos e com pouca oferta de rede. Até mesmo clientes como a Google Cloud planejam oferecer sinal a partir dos satélites da empresa fundada por Elon Musk. A empresa ainda quer vender o equipamento para veículos como caminhões, motorhomes e aviões, ampliando ainda mais a cobertura e as possibilidades de negócios.

SpaceX planeja lançar internet Starlink globalmente em setembro