Principais eventos do calendário astronômico de abril

3 min de leitura
Imagem de: Principais eventos do calendário astronômico de abril
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Gosta de observar a Lua e os planetas, além de acompanhar os principais lançamentos de missões espaciais? Então, você terá um mês de abril bastante movimentado e cheio de eventos imperdíveis.

Um dos destaques para os observadores do céu noturno é a chuva de meteoros Líridas, que acontece no quarto mês do ano, quando a poeira do cometa Thatcher entra na atmosfera terrestre. Tem ainda conjunções da Lua com Júpiter, Marte e Saturno e a bela Superlua Rosa.

Já quanto à exploração espacial, o maior destaque é o aguardado voo do helicóptero Ingenuity em Marte, quando o pequeno dispositivo se tornará a primeira aeronave a realizar um voo controlado em outro planeta.

Eventos astronômicos de abril

Prepare binóculos e telescópios, além do celular e do notebook para acompanhar as missões espaciais, e fique de olho nos principais eventos do calendário astronômico de abril.

6 de abril: Conjunção Lua e Saturno

O satélite natural e o gigante gasoso estarão bem próximos, ficando visíveis no início da madrugada, com a Lua aparecendo a leste no horizonte e o planeta à esquerda.

7 de abril: Conjunção Lua e Júpiter, lançamento dos satélites Starlink

No dia seguinte, é a vez de Júpiter se aproximar, aparecendo acima da Lua, na porção leste do céu, logo após as 2h.

Também no dia 7, a SpaceX lança mais 60 satélites Starlink, a bordo do foguete Falcon 9, em Cabo Canaveral (EUA), às 13h34.

8 de abril: Voo do Ingenuity em Marte

O drone da NASA deve realizar a primeira tentativa de voo no Planeta Vermelho nesta data, subindo a 3 metros de altura e pairando no ar por alguns segundos.

O Ingenuity vai ligar os motores em Marte.O Ingenuity vai ligar os motores em Marte.Fonte:  NASA/Divulgação 

9 de abril: Lançamento da nave Soyuz MS-18

A espaçonave russa partirá do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, às 4h42, levando três tripulantes até a Estação Espacial Internacional (ISS).

16 de abril: Retorno de astronautas da ISS

A astronauta Kate Rubins e mais dois cosmonautas russos retornam do laboratório orbital a bordo da nave Soyuz MS-17, devendo pousar no Cazaquistão um dia depois.

17 de abril: Conjunção Lua e Marte

Depois do pôr do Sol, a oeste, será possível ver a aproximação entre a Lua e Marte. Os apaixonados por astronomia visualizarão o fenômeno até as 21h45.

Conjunção entre a Lua e Marte em novembro passado.Conjunção entre a Lua e Marte em novembro passado.Fonte:  Space.com/Reprodução 

19 de abril: Lançamento do foguete Arianespace Vega VV18

Partindo da Guiana Francesa às 22h50, o Vega VV18 levará diversas cargas à órbita terrestre, incluindo o satélite de observação da Terra Pléiades Neo 1, desenvolvido pela Airbus.

21 e 22 de abril: Chuva de meteoros Líridas

Nestas duas datas, ocorre o pico da chuva de meteoros Líridas, com os fragmentos do cometa Thatcher surgindo no céu na região da constelação da Lira. O melhor horário para observar as estrelas cadentes é a partir da 1h, em direção ao norte.

Vale lembrar que o céu precisa estar limpo para visualizar o fenômeno. Outro detalhe é que apps como Stellarium e Star Chart ajudam a localizar estes e mais corpos celestes.

Chuvas de meteoros costumam ser belos espetáculos.Chuvas de meteoros costumam ser belos espetáculos.Fonte:  Pixabay 

22 de abril: Lançamento da missão Crew-2

A próxima missão da NASA em parceria com a SpaceX decola do Centro Espacial Kennedy, na Flórida (EUA), às 7h11. Na Crew-2 estarão quatro astronautas, incluindo um membro da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), que serão lançados à ISS.

25 de abril: Lançamento da missão OneWeb 6

Mais 36 satélites de internet da OneWeb se juntarão aos demais em órbita, sendo lançados do Cosmódromo Vostochny, na Sibéria, às 23h47, por um foguete Soyuz.

A Lua Rosa promete belas fotos.A Lua Rosa promete belas fotos.Fonte:  Unsplash 

26 de abril: Superlua Rosa e lançamento da missão NROL-82

A primeira superlua de 2021 surgirá na mesma época em que desabrocha uma flor típica do início da primavera nos EUA. Daí vem o nome dado pelos nativos, “Full Pink Moon” ou Superlua Rosa em tradução livre, em homenagem à flor.

No mesmo dia, será lançada a missão NROL-82 na Califórnia, pelo foguete Delta IV Heavy da United Launch Alliance (ULA), levando um satélite espião do governo americano.

29 de abril: Lançamento do módulo Tianhe 1

Terminando o mês, teremos o lançamento do Tianhe 1, módulo central da nova estação espacial chinesa, que decolará do Centro de Lançamento Espacial de Wenchang, na China, impulsionado pelo foguete Long March 5B.

Principais eventos do calendário astronômico de abril