"Oh, meu Deus! A Apple me expulsou do programa de desenvolvedores do iOS. Isso foi rude!"
(Fonte da imagem: Reprodução/Perfil oficial de Charlie Miller no Twitter)

Você pode conhecer os hackers como os verdadeiros bandidos da internet, mas há muitos deles que trabalham para o bem. É o caso de Charlie Miller, um desenvolvedor especializado em segurança digital, que dedica seu tempo para encontrar brechas em sistemas, mostrando que não existe nada que seja completamente estável e seguro.

Miller ficou conhecido por encontrar falhas nos códigos da Apple, e seu último passo foi um pouco acima dos limites tolerados pela empresa de Cupertino. Ele criou um software para iOS chamado Instastock, que mostrava alterações nos preços das ações colocadas na bolsa de valores. Em meio ao código do app, uma linha de comando permitia que os aparelhos baixassem e executassem scripts da web.

O principal problema é que, se a brecha cair em mãos erradas, usuários maliciosos podem aproveitar a falha para instalar vírus e outros malwares que possam danificar o sistema operacional ou roubar dados das vítimas. Após avisar a Apple sobre o problema, Miller informou também que iria apresentar o problema na SyScan (uma conferência de segurança digital, em Taiwan).

Por esse motivo, a Apple decidiu excluir o nome de Charlie Miller da lista de desenvolvedores associados por um ano. Durante esse período, ele ficará proibido de acessar os códigos de desenvolvimento do iOS e também de criar aplicativos para os portáteis da Apple. 

Cupons de desconto TecMundo: