A Microsoft anunciou hoje algumas novidades na sua política de atualizações de sistemas operacionais. A notícia é especialmente importante para quem usa ou pretende adquirir processadores Intel.

A sexta geração de chips de 14 nanômetros, chamada de Skylake, vai suportar Windows 7 e Windows 8.1 até 17 de julho de 2017. Depois desses 18 meses, os dispositivos devem ser obrigatoriamente atualizados para o Windows 10 caso queiram continuar a receber suporte e atualizações de segurança.

"Comparado com PCs com Windows 7, o Skylake, quando combinado com o Windows 10, permite gráficos até 30 vezes melhor e três vezes a vida útil da bateria — com a segurança imbatível da Credential Guard utilizando virtualização apoiada por silício", afirmou o vice-presidente executivo do setor de Windows e dispositivos da Microsoft, Terry Myerson.

A ideia é, aos poucos, deixar de lado as duas versões do sistema operacional e fazer com que o público que tenha um hardware mais aperfeiçoado aposte somente no Windows 10. Por isso, a próxima geração de chips da Intel, batizada até agora de Kaby Lake, suportará apenas o Windows 10. O mesmo vale para o 8996, da Qualcomm, e o Bristol Ridge, da AMD.

O post original de Myerson no blog do Windows pode ser acessado por este link (em inglês).

Qual é o melhor Windows: Windows 7 ou 10? Comente no Fórum do TecMundo