Todo usuário da Netflix sabe que a variante estadunidense do serviço possui um catálogo de filmes bem maior do que a brasileira. Por conta disso, vários internautas decidem apelar para “gambiarras” na tentativa de transpassar a trava de região e acessar a biblioteca norte-americana da plataforma. Alguns conseguem, outros não. Para esse público, é interessante a notícia de que o Proxmate está expandindo suas atividades para o Brasil.

Trata-se de um plugin (compatível com Google Chrome, Mozilla Firefox e Opera) que oferece um serviço de proxy para desbloquear maios de 200 serviços que sofrem com as temidas restrições geográficas, incluindo o Pandora, a BBC, a Google Play, a Amazon Prime, o Crunchyroll e é claro, a Netflix. O software existe há anos, sendo mantido por uma equipe dedicada e sediada em Londres, mas só agora atingiu esse patamar de centenas de canais.

De acordo com informações da própria companhia, o Proxmate já tem mais de 300 mil instalações. O usuário pode testar o serviço gratuitamente durante 14 dias – depois disso, é necessário assinar um plano mensal (US$ 0,99) ou anual (US$ 9,95). Antigamente, o plugin era totalmente gratuito, quando o time de desenvolvimento trabalha nele em meio-período e sobrevivia de doações dos internautas.

Uma ferramenta útil e barata

“Por menos de 1 dólar por mês, os usuários Proxmate têm acesso a um serviço de proxy respeitável e comprometido em fornecer o acesso mais confiável, para o melhor entretenimento e com o melhor preço", afirma Adrian Calotescu, porta-voz da marca. "Nossos usuários podem estar seguros de que a equipe Proxmate continuará dando a liberdade para eles apreciarem o conteúdo que eles mais amam, não importa onde eles estejam no planeta”.

O TecMundo realizou um teste rápido e aprovou a extensão. O processo de instalação é bem simples e em menos de dois minutos o software estava pronto para uso. A partir daí, basta clicar no canal desejado para acessá-lo sem complicações. Resta saber se os usuários do Proxmate não serão bloqueados pela Netflix ao usar o plugin, visto que a plataforma afirmou que não terá dó dos internautas que usem VPN para passar pelas travas de região.

Você usa proxy para transpassar a trava de região da Netflix? Comente no Fórum do TecMundo