As eliminatórias da América Latina no torneio mundial de Halo chegaram ao fim. Das oito equipes que chegaram até essa etapa - inclusive três brasileiras, infelizmente eliminadas -, Chosen Squad foi o campeão. Além de levar para casa a bagatela de US$ 15 mil, o time ganhou acesso às grandes finais, que vão rolar em Los Angeles, nos EUA, em março, cuja premiação acumulada é de US$ 2,5 milhões. O grupo mexicano representará a América Latina na competição. Todas as equipes posaram para fotos após o término da competição. Confira na galeria acima.

Quem acompanhou nossa cobertura sabe que o Brasil contou com três equipes no campeonato: GG Team, Black Lotus BR e Team Callidus. O último dos moicanos brasucas foi o GG Team, que caiu diante do colombiano Insane OnFire, outro carrasco dos adversários e que chegou às semifinais deste domingo, 14.

Todas as partidas foram transmitidas ao vivo no Twitch oficial de Halo. O evento rolou na Cidade do México, onde o TecMundo está presente, e contou com a presença de executivos da Microsoft e da 343 Industries.

As rodadas

As modalidades multiplayer de Halo 5: Guardians adotadas para o torneio foram três: Strongholds, Team Slayer e Capture the Flag. Os dois últimos competidores, ambos mexicanos, foram o Chosen Squad e o Chosen Legacy, que disputaram, de forma acirradíssima, os frags das partidas.

A "escalada" foi degrau a degrau. Um pontuava, o outro revidava. No modo Team Slayer, por exemplo, o Chosen Squad chegou a bater uma frag de 20 contra apenas 5 do adversário, só que o rival cresceu e quase alcançou o placar.

O derradeiro desfecho mostrou um placar de 4 contra 2, quando o Chosen Squad finalmente pôs fim à partida e sagrou-se campeão.

Chosen Squad, a equipe campeã

Escala mundial

Na etapa final, equipes de todas as partes do globo estarão presentes. Ásia, Europa, Oceania e as Américas estarão em Los Angeles para disputar o título mundial em março.

Falamos com as três equipes brasileiras que caíram, e todas conversaram no mesmo idioma: treinar mais para conseguir um melhor desempenho no próximo ano, nada de "desanimar". Apesar das dificuldades com patrocínio e divulgação, GG Team, Black Lotus BR e Team Callidus afirmam que vão buscar esse sonho e contam com o apoio da comunidade - bem como da imprensa - para ajudar a atingir o objetivo.

Membros do Team Callidus

Além disso, esse torneio mundial de Halo serviu como uma espécie de "teste" para a Microsoft, que pode sediar mais campeonatos assim com outras franquias de seu portfólio, conforme revelado ao TecMundo.

Eis o campeão latino-americano do torneio mundial de Halo! O que você achou? Comente no Fórum do TecMundo.