O mundo está seguindo cada vez mais para uma crise de energia, ao ponto que Bill Gates acredita ser necessário um “milagre” para nos salvar disso. Mas isso não quer dizer que fazer isso seja algo impossível: na carta anual feita por ele e por sua esposa à Bill and Melinda Gates Foundation, o famoso bilionário se mostra otimista quanto às nossas chances para o futuro.

Em sua parte do texto, Bill afirma que suas preocupações com o ambiente e a economia são grandes – resultado, em sua maioria, do crescimento populacional e da maior demanda por serviços, bem como o já citado aumento no gasto de energia. Isso tudo também resulta em um aumento na emissão de dióxido de carbono, que vem causando problemas cada vez maiores nas mudanças climáticas.

A solução para resolver tudo isso? Segundo Gates, há apenas uma, e é das mais difíceis: reduzir a zero a produção de dióxido de carbono produzida pela energia. Pode parecer impossível, de fato, mas ele diz acreditar que um “milagre energético” não está longe de nosso alcance.

“Eu vi milagres acontecerem antes. O computador pessoal. A Internet. A vacina de pólio. Nenhuma delas aconteceu por acaso. Elas são o resultado de pesquisa e desenvolvimento e da capacidade humana de inovar”, disse ele.

“Neste caso, contudo, o tempo não está a nosso favor. Todo o dia nós estamos lançando mais e mais CO2 em nossa atmosfera e fazendo nosso problema de mudança climática ainda pior. Nós precisamos de uma quantidade massiva de pesquisa em milhares de novas ideias – mesmo algumas que possam soar um pouco malucas – se nós quisermos chegar à zero emissões até o fim deste século.”

Por uma energia mais barata e mais limpa

Vale notar que, com todas essas mudanças, Bill pretende não apenas melhorar o ambiente, como também oferecer melhores condições de vida para aqueles que vivem na pobreza extrema, sem nem mesmo terem acesso à eletricidade.

“Se nós realmente quisermos ajudar as famílias mais pobres do mundo, nós precisamos achar uma maneira de levar a elas uma energia barata e limpa. Barata, porque todo mundo deve ser capaz de pagar por ela. Limpa porque ela não deve emitir qualquer dióxido de carbono – o que está impulsionando mudanças climáticas."

Como ocorre no caso de todo o tipo de grande invenção, porém, chegar a uma solução pede mais do que apenas investimento, como também muito tempo de estudos e desenvolvimento. O fato é que, para Gates, errar na busca de um milagre como esses não é problema, pois eventualmente chegaremos a uma resposta. “Mas para achar milhares de maneiras que não vão funcionar, você primeiro precisa tentar milhares de ideias diferentes. Isso não está acontecendo o suficiente, nem de longe.”

Que tecnologia você acredita que será o “milagre energético” do futuro? Comente no Fórum do TecMundo