Essa é mais uma daquelas curiosidades que aparecem simplesmente para enfeitar a sexta-feira de todos nós. O vídeo que você confere na abertura desta notícia mostra um tanque gigante numa implosão em câmera lenta. É claro que o material não poderia ser de outro lugar que não o Discovery, certo?

O contêiner tem 20 metros de comprimento com 3 de diâmetro e pode comportar até 30 mil galões em líquido (sim, 30.000 galões). O revestimento é fabricado em aço denso e pesa cerca de 30 toneladas (30 mil quilos, portanto). Mesmo com toda essa fortaleza, uma “simples” implosão provocada por um fenômeno da ciência é capaz de amassar toda a carcaça. Basta fazer o que deve ser feito.

O pessoal do Mythbusters fez exatamente isso no vídeo acima em uma gloriosa câmera lenta. O tanque é simplesmente amassado como se fosse uma lata de refrigerante. E o que é preciso fazer? Basta uma diferença na pressão. Aqueça-a ao máximo dentro do contêiner e depois deixe resfriar. Não sabe muito bem o que é implosão? Confira este outro vídeo adiante, da mesma galera, explicando o fenômeno:

O resultado é o colapso iminente: BOOOOOMM! Só que silenciosamente. É a ciência da implosão.

O que você achou dessa implosão de um tanque gigante em câmera lenta? Comente no Fórum do TecMundo.