Se você é daqueles que entra em um banheiro de avião já temeroso em encostar em qualquer parte de sua superfície e ser contaminado por milhões de germes, saiba que a Boeing está trabalhando em uma solução para esse problema. Em um de seus mais recentes esforços para tornar os banheiros desses veículos mais limpos, a Boeing criou uma tecnologia que basicamente esteriliza a superfície do local com a ajuda de luz ultravioleta.

A ideia por trás da técnica é simples. Quando não há ninguém dentro do banheiro, um conjunto de lâmpadas UV entra em funcionamento, iluminando todo o ambiente. Já que a luz ultravioleta faz com que micróbios de todo tipo simplesmente “explodam”, a equipe da Boeing afirma que a ideia é capaz de eliminar 99,99% dos germes presentes no local – e tudo de que eles precisam é de três segundos com essa luz ativa.

Mas e quanto aos riscos que a luz ultravioleta pode causar para nós? Não é preciso se preocupar com isso, segundo a empresa: o tipo de UV usado por eles é diferente daquele usado em camas de bronzeamento ou mesmo gerado pelo Sol, portanto é totalmente inofensivo para seres humanos.

Esse não é o único esforço da Boeing para ajudar a manter os banheiros limpos. Junto disso, o projeto da empresa envolve adicionar o máximo possível de tecnologias de automatização, de maneira que você não precise, por exemplo, tocar na tampa da privada para que ela se levante ou se abaixe, nem abrir a torneira manualmente para lavar as mãos. Em resumo, quase nada vai precisar de seu toque para funcionar.

É claro que, no momento, esse é apenas um protótipo – o que quer dizer que não há garantias de que essa tecnologia da Boeing vai mesmo sair desse estágio, muito menos de quando isso vai acontecer. Mas é animador pensar que, com sorte, dentro de alguns anos não teremos mais que nos preocupar tanto com a sujeira feita por outras pessoas nos banheiros dos aviões.

Você costuma ter problemas com a limpeza dos banheiros de aviões? Comente no Fórum do TecMundo