(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

Viajar de avião pode ser um grande transtorno, principalmente quando ocorrem atrasos nos voos ou a estrutura do aeroporto não comporta tamanho movimento de passageiros ou aeronaves. Aqueles que utilizam o meio de transporte com frequência já sabem das inconveniências de esperar horas e mais horas pela sua viagem, e encontrar alguma atividade relaxante pode ser difícil em meio ao stress da espera.

O cansaço pode ser multiplicado quando falamos de longas viagens, principalmente envolvendo os países do outro lado do globo. Desembarcar em um local para realizar uma nova conexão pode ser extremamente desgastante se já estivermos viajando por um grande período de tempo.

Diferentemente de alguns aeroportos menos seguros, o de Changi, na Cingapura, surpreende pelo conforto que a tecnologia oferece. São tantas comodidades que muitos acabam desejando que o voo atrase um pouquinho.

É muita gente

Changi conta com três terminais para receber cerca de 69 milhões de passageiros anuais – mais de duas vezes a capacidade do Aeroporto Internacional de Guarulhos, localizado na cidade de Guarulhos, estado de São Paulo. Para dar conforto a tantas pessoas, o local conta com diversas atrações, como piscinas, cybercafés gratuitos, parques para passeio e casas de massagem. Há até um hotel que consegue alojar cerca de 350 hóspedes.

(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

Além da enorme capacidade para pessoas, o aeroporto na Cingapura tem estrutura para receber até 28 superjumbos como o Airbus A380, cada um transportando de 500 a 800 passageiros por aeronave. Toda essa capacidade foi aprimorada com a instalação do terceiro terminal em 9 de janeiro de 2008, que ofereceria também algumas inovações tecnológicas a todos que passassem algum tempo esperando seus voos no país oriental.

Luz de dia e de noite

Para deixar os 380 mil metros quadrados do terceiro terminal bem iluminados durante o dia, o local emprestou um pouco da tecnologia das claraboias, cobrindo o teto com 919 cúpulas que permitem a distribuição da luz natural ao interior dos ambientes. Já de noite, quando não contamos com a ajuda dos raios solares, as mesmas cúpulas distribuem a luz artificial gerada por painéis refletores posicionados logo abaixo de cada uma.

Enquanto isso, do outro lado do aeroporto, o teto do primeiro terminal já é um pouco mais “colorido”. Por lá a superfície do telhado é capaz de emitir diferentes cores dependendo do horário do dia, iluminando de diferentes formas o interior do local. Divertido, não?

Tecnologia para refrescar

Se você chegar ao aeroporto de Changi e olhar para cima, todo o teto apresentará uma arquitetura única, cheia de bocais que distribuem o vento para alcançar a máxima refrigeração do ambiente. A mesma distribuição da parte superior permite que o calor saia com facilidade, refrescando o ambiente mesmo na condição tropical da Cingapura.

(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

Para refrigerar ainda mais o local, há uma parede de 300 metros coberta por plantas trepadeiras e quatro cachoeiras artificiais. E ela não é muito pequena não, já que conta com a altura de cinco andares da construção.

Todo o ambiente fresco chama por um pouco de relaxamento, ainda mais quando pensamos em descansar em uma piscina. Localizada no primeiro terminal, a área ainda conta com algumas opções de descontração sob o ambiente quente e tropical de Changi. Mas parece que isso não é o suficiente para eles, já que abriram um projeto um pouco mais ousado para o descanso dos passageiros.

Previsto para 2018, o quarto terminal chegará com um design futurista e um complexo resort, com piscinas e cataratas-d’água caindo do próprio teto em formato de bolha. Para acompanhar o luxuoso descanso, jardins e plantas tropicais estarão espalhados por todos os lugares.

(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

Descontração natural e tecnológica

Fotos de passageiros de todo o mundo estão reunidas na Árvore Social, disposta no primeiro terminal. A estrutura, composta de 64 monitores de 42 polegadas em alta definição, mostra em 360 graus as imagens e vídeos carregados pelos próprios passageiros.

A atração tem 9 metros de altura e só funciona à noite. Para disponibilizar aos arquivos, basta acessar um dos oito terminais de touchscreen que cercam a árvore de lembranças.

Se você gosta da natureza, o aeroporto de Changi tem uma atração única para você passear: um jardim de borboletas no terceiro terminal. E não é só essa temática que está presente no local, há também parques de girassóis, orquídeas, cactos e carpas ornamentais.

(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

O pessoal mais tecnológico pode aproveitar das 550 estações de acesso grátis à internet ou ainda dos cinemas e da sala de entretenimento – com video games da última geração e computadores para partidas em LAN. As crianças ainda podem brincar no playground ou brincar pelo escorregador de quatro andares, que faz os pequenos deslizarem em uma velocidade de até 6 metros por segundo.

Segurança e transporte

Em uma estrutura tão grande, deve demorar muito para se deslocar de um lado para outro, não é verdade? Pois bem, para transporte de pessoas para cada terminal em Changi, o aeroporto conta com um trem monotrilho que circula entre sete estações, em um percurso total de 6.5 quilômetros. São dez veículos que passam em pequenos intervalos de tempo, garantindo uma movimentação rápida para os passageiros entre todos os terminais.

Alguns aeroportos do mundo se preocupam com segurança e agilidade, e para garantir a uma boa entrega de bagagem, a tecnologia utilizada pelo aeroporto de Changi é um pouco diferenciada: as esteiras pegam automaticamente as malas do caminhão (esse que circula entre os locais de pouso) e as colocam posteriormente em um carrossel no terceiro terminal.

(Fonte da imagem: airport-technology)

Além disso, a rapidez para a disposição de cada bagagem é fundamental, e cada esteira funciona a uma velocidade média de 7 metros por segundos.

Mais novidades em construção

A construção do quarto terminal trará mais novidades para o lazer e entretenimento no aeroporto de Changi, além de conectar as demais partes da estrutura através de uma grande bolha de aço e vidro. As obras estão marcadas para o final de 2013.

Além disso, um quinto terminal dedicado a passageiros foi anunciado este ano. Ainda sem uma data definida para início, a estimativa é que a construção ampliará a capacidade anual de passageiros para 85 milhões. Não é à toa que o aeroporto que Changi volta e meia adquire as primeiras posições no ranking mundial na World Airport Awards.

(Fonte da imagem: Changi Airport Group)

Com todas essas comodidades, fica difícil não planejar uma viagem para o outro lado do mundo e relaxar em algum porto – seja de navios ou de aviões. E aí, agora está pensando em dar uma passeada pela Ásia?

Cupons de desconto TecMundo: