O TecMundo botou o pé na estrada para conferir o novo Peugeot 2008 Crossway, a primeira versão aventureira da montadora francesa. Tendo como base o Peugeot 2008 Griffe automático, o modelo terá uma tiragem limitada de 500 unidades e vai trazer para o consumidor uma série de características que o deixam com cara de aventura: as molduras pretas em plástico nas caixas de rodas, as faixas em dégradé na parte inferior da lataria, além de adesivos e bordados exclusivos.

Pudemos conduzir o veículo tanto em ambiente urbano quanto em autoestradas, partindo da região da Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, e percorrendo o trecho até a cidade serrana de Campos do Jordão. Isso permitiu experimentarmos o carro em uma grande diversidade de vias, desde ruas congestionadas até as curvas fechadas da Serra da Mantiqueira.

Peugeot 2008 Crossway

O melhor de três mundos

Conforme nos contou Sérgio Davico, gerente-geral de produtos da Peugeot presente no evento, o Peugeot 2008 Crossway é um crossover que reúne as melhores características de três segmentos de carros muito populares no mercado. O comportamento dinâmico vem dos modelos hatch, o que causa a sensação de estarmos dentro de um veículo “normal”, apesar de seu tamanho um pouco maior e da carroceria elevada. Além disso, a comunicação feita entre o volante e o motorista é similar à de um veículo com traseira hatch.

Já o espaço interno mais bem aproveitado é característica das minivans, com espaço ampliado para a cabeça e as pernas e um porta-malas grande. Dos SUVs, vem a robustez, com a parte inferior da carroceria revestida em plástico preto, o que dá a sensação de proteção contra ambientes mais agressivos, como estradas mais rústicas, de terra ou cascalho, sem o perigo de danificar a pintura do veículo.

Peugeot 2008 Crossway

Então, pé na tábua!

O desempenho do Peugeot 2008 Crossway foi bom tanto na cidade quanto na estrada, graças a seu motor 1.6 FlexStar

O desempenho do Peugeot 2008 Crossway foi bom tanto na cidade quanto na estrada, graças a seu motor 1.6 FlexStar com potência de 122 cv. Quando abastecido com etanol, seu torque é de 16,4 mkgf, respondendo bem nas ladeiras e curvas fechadas da estrada que dá acesso a Campos do Jordão, que exigem um pouco mais de força do veículo para manter uma velocidade aceitável.

Pouco antes de subirmos a serra, paramos na Estação Luís Carlos, na cidade de Guararema, para repor as energias e apreciar o visual do carro em um cenário histórico. Trata-se de um vilarejo que se formou em torno de uma estação ferroviária fundada em 1914 onde milhares de imigrantes – principalmente italianos – desembarcaram no decorrer do século 20.

Peugeot 2008 Crossway

O entorno da estação, hoje, é um ponto turístico movimentado que reúne restaurantes, bares, lojas de artesanato e muitas outras atrações, tudo ambientado em construções com a arquitetura da época. Após o almoço, caímos novamente na estrada, faltando pouco chão até o nosso destino final.

Estação Luís Carlos

No pé da serra

Quem está familiarizado com o caminho para Campos do Jordão se lembra que o pé da Serra da Mantiqueira, no vale do Rio Paraíba do Sul, apresenta um revelo plano com retas compridas sem subidas nem descidas. Lá pudemos sentir bem câmbio e testar a troca automática das marchas sem a interferência de ladeiras ou de curvas muito acentuadas.

Pensando no meio ambiente e no bolso do consumidor, a Peugeot disponibilizou a função ECO, que reduz o consumo de combustível na cidade em cerca de 5%

O câmbio automático tem transmissão sequencial que possibilita a troca de marchas tanto na alavanca quanto no chamado “paddle shift”, as charmosas borboletas localizadas atrás do volante, que remetem inevitavelmente aos carros de corrida. Pensando no meio ambiente e no bolso do consumidor, a Peugeot disponibilizou a função ECO, que, segundo Davico, reduz o consumo de combustível na cidade em cerca de 5%. Além disso, o modo Hill Assist mantém os freios acionados por 2 segundos na hora de partir em ladeiras, permitindo que o motorista engate uma marcha e movimente o carro antes de ele começar a descer.

Para combinar com a linda vista das montanhas que começam a surgir nesse ponto da jornada, o Peugeot 2008 Crossway conta com um teto panorâmico, que também dá a sensação de um interior ainda mais amplo e proporciona uma iluminação agradável dentro do veículo. O vidro da abertura é atérmico, para amenizar a temperatura dos raios solares, e você também tem a opção de bloquear a passagem de luz com uma tampa acionada eletronicamente.

Visão interna e teto panorâmico

Caminho iluminado

Dirigir durante a noite em Campos do Jordão não é brincadeira: uma densa névoa pode tomar conta da cidade nas madrugadas mais frias, mas o farol de neblina com a função Cornering, presente no Peugeot 2008 Crossway, é capaz de aumentar a visibilidade e a segurança dos ocupantes do veículo em situações como essa.

Ao entrar em uma curva em uma velocidade abaixo de 40 km/h, o farol de neblina será ligado quando a seta for ativada. Isso acontece tanto com o farol alto ou baixo ligado quanto automaticamente, sempre que o volante chegar a uma determinada angulação.

Encarando terrenos complicados

O Peugeot 2008 Crossway não é um veículo 4 x 4, é claro, mas está bem adaptado a encarar diferentes tipos de terrenos com um controle eletrônico de tração presente no painel do carro. Com cinco ajustes diferentes, você pode encarar, além das pistas normais, neve, barro e areia. A quinta opção é o “ESP off”, que desliga o controle eletrônico de estabilidade do carro, o sistema que impede derrapagens e estabiliza o veículo em situações de comando mais complicadas.

O ESP presente no Peugeot 2008 Crossway está associado ao sistema Grip Control e integra diversas outras funções, como o sistema de freios ABS e o repartidor eletrônico de frenagem

O ESP presente no Peugeot 2008 Crossway está associado ao sistema Grip Control e integra diversas outras funções, como o sistema de freios ABS e o repartidor eletrônico de frenagem, que distribui a pressão da frenagem entre a traseira e a dianteira. Pudemos testar esses recursos nas estradas de terra no entorno de Campos do Jordão, local que abriga diversos clubes de campo que oferecem atividades como trilhas, passeios a cavalo nas montanhas, arvorismo e outras práticas em meio à natureza.

Para relaxar, no fim do dia, os jornalistas saíram da aventura nos Peugeot 2008 Crossway e tomaram coragem para descer uma tirolesa insana, com 800 metros de comprimento, 90 metros de altura e que, no pico de velocidade, chega a atingir 70 km/h. Nada mais apropriado!

Aventureiro tecnológico

Um dos principais pontos do Peugeot 2008 Crossway é o i-Cockpit, que envolve tudo que há em torno do motorista quando ele está dirigindo. Marca registrada mundial da Peugeot, esse conceito inclui uma série de funções tecnológicas e de design que tornam a vida do usuário mais simples na hora de acelerar por aí.

A elevação [do painel de instrumentos] dá uma maior sensação de espaço enquanto tudo pode ser confortavelmente alcançado pelas mãos do condutor

O volante Sportdrive é diferente de tudo que encontramos em carros de passeio no mercado. Ele possui um raio menor do que o comum, lembrando até veículos de corrida, o que dá uma melhor sensação de controle do automóvel e uma visibilidade ampliada. Assim, você não precisa enxergar o painel através do volante, mas sim por cima dele.

O painel de instrumentos do Peugeot 2008 Crossway é iluminado com luzes de LED, sendo monocromático no local onde são informados velocidade, rotação do motor, quantidade de combustível e outros dados. Sua elevação dá uma maior sensação de espaço enquanto tudo pode ser confortavelmente alcançado pelas mãos do condutor.

i-Cockpit do Peugeot 2008 Crossway

A Central Multimídia de 7 polegadas reúne no mesmo local o controle do rádio e de outros recursos de áudio do carro, a navegação via GPS e o computador de bordo. Ela também possui a função Apple CarPlay, capaz de mostrar na tela e comandar através dos próprios recursos o conteúdo de dispositivos da Apple, como iPhones, iPads e iPods.

O seu carro no ceu celular

A Peugeot desenvolveu dois aplicativos para smartphones e tablets que funcionam juntamente com alguns de seus veículos, e o 2008 Crossway é um deles. O primeiro é o Link MyPeugeot, que utiliza a conexão Bluetooth ou a ligação USB da Central Multimídia para obter informações importantes sobre o carro, como o consumo de combustível, alertas de revisões, a última localização do seu veículo e muito mais.

Basta apontar a câmera do smartphone para os botões ou as luzes do painel para receber informações em tempo real sobre a função dos recursos visualizados

O app Easy MyPeugeot utiliza a tecnologia de realidade aumentada para dar mais informações sobre a utilização do veículo para o usuário, servindo como um manual inteligente. Basta apontar a câmera do smartphone para os botões ou as luzes do painel para receber informações em tempo real sobre a função dos recursos visualizados.

Novo visual

Em termos de aparência, o Peugeot 2008 Crossway possui alguns detalhes que o diferem do modelo Griffe, que foi usado de base para o veículo aventureiro. São alterações que dão uma cara mais “off-road” para o carro, especialmente o plástico preto na base da carroceria e nas caixas de roda, o qual, além de tudo, serve para proteger a tinta da base contra arranhões causados por pedregulhos que podem ser encontrados em vias mais precárias.

Um adesivo cobre toda a lateral do carro, criando uma atmosfera mais agressiva e ousada. As rodas de 16 polegadas Titane Noir Onyx são revestidas com tinta preta e uma pigmentação especial criada apenas para este modelo.

Frontal e traseira do Peugeout 2008 Crossway

O Peugeot 2008 Crossway estreia um emblema exclusivo para a série que aparece como um adesivo na parte traseira: nele, uma bússola é envolta pelas coordenadas geográficas exatas da linha de produção da montadora em Porte Real, no estado do Rio de Janeiro, local onde os automóveis são fabricados. Esse emblema também se encontra bordado nos bancos feitos de tecido e couro. Do lado de fora, o Peugeot 2008 Crossway apresenta a pintura padrão na cor Blanc Nacré e as já citadas linhas em dégradé na base da carroceria.

Emblema exclusivo do Peugeout 2008 Crossway com as coordenadas geográficas da linha de montagem em Porto Real, RJ

Detalhes do Peugeot 2008 Crossway

Detalhes do Peugeot 2008 Crossway

De volta para casa

O caminho de Campos do Jordão, tanto na ida quanto na volta, é recheado de lindas paisagens serranas que fariam a viagem ser fantástica por si só. A bordo do Peugeot 2008 Crossway, a aventura foi muito mais completa, principalmente pela característica abrangente do carro – ele foi bem nas ruas de São Paulo, na rodovia e nas sinuosas estradas de terra em torno da cidade.

Mesmo não sendo de fato um veículo off-road, ele lida bastante bem com os caminhos mais inóspitos, nos fazendo quase esquecer que estamos dentro de um carro tão confortável. O i-Cockpit dá uma sensação ampliada de controle do carro e é inevitável pensar em um carro de corrida com o volante de raio reduzido. Assim, fica comprovado: é possível aliar conforto e robustez em um mesmo veículo, que traz emoção para as rodovias e segurança para as vias mais complicadas.

Cupons de desconto TecMundo: