Apple decide: Fortnite só volta ao iOS após fim de ação judicial

1 min de leitura
Imagem de: Apple decide: Fortnite só volta ao iOS após fim de ação judicial
Imagem: Epic Games
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple não vai liberar o retorno do jogo Fortnite aos dispositivos da empresa tão cedo. Quem confirmou a decisão foi o CEO da desenvolvedora Epic Games, Tim Sweeney, em uma postagem feita no Twitter.

Sweeney compartilhou documentos que comprovam a atual decisão da Maçã: o game só retorna ao catálogo da App Store depois que o processo atualmente em andamento entre as partes for encerrado — algo que ainda não tem data para acontecer, já que o caso encontra-se em fase de recursos e apelações.

O executivo ainda reclama que essa é uma quebra de promessa feita pela Apple, que chegou a dizer que liberaria o título após a Epic "concordar jogar com as mesmas regras que todo mundo", citando as novas políticas de pagamento no sistema.

"A Apple exerceu o critério de não restabelecer a conta da Epic no programa de desenvolvedores neste momento (...) Além disso, a Apple não vai considerar qualquer pedido adicionar de restabelecimento até que o julgamento na corte do distrito seja final e não mais apelável", dizem as mensagens.

Relembre o caso

A Epic Games teve a conta de desenvolvedor removida pela Apple após burlar de propósito regras do sistema de pagamento da loja digital do iOS. Como resultado, em agosto de 2020, a Maçã baniu Fortnite de suas plataformas e foi processada por isso.

O veredito inicial da juíza responsável pelo caso saiu em setembro de 2021 com pontos positivos e negativos para ambos os lados. Entretanto, a Epic Games não teve as principais demandas atendidas e decidiu recorrer da decisão.

Fontes