O chefe executivo da Snap, empresa por trás do Snapchat, participou da Code Conference, evento que aconteceu ao longo desta semana em Rancho Palos Verdes, na Califórnia. Durante a passagem pela conferência, Evan Spiegel falou sobre as recentes mudanças no design do aplicativo e seu impacto gigante sobre o valor da empresa no mercado.

É comum que usuários muito acostumados com um app reclamem quando alguma mudança grande é feita - vide a ampliaçlão de 140 para 280 caracteres no Twitter. No entanto, no caso do Snapchat, o redesign do aplicativo gerou uma altíssima derrubada no crescimento.

Ao invés de crescer os 7% esperados para esse ano, o app subiu apenas 4% e ainda perdeu usuários - o que contrariou as perspectivas da empresa, segundo o CEO. Não ajudou que celebridades como Kylie Jenner criticaram as mudanças.

"Uma coisa que subestimei na época foi o quanto essas avaliações implicariam sobre nossos investidores. Eles simplesmente não entenderam porque mudaríamos totalmente nosso produto e redesenharíamos nosso serviço. Para mim, foi uma excelente lição, porque ensina a importândia de ter uma visao de longo prazo", disse ele ao site Cnet.

Para o empresário, ter aberto o capital da empresa tornou tudo mais difícil, já que a companhia fica totalmente exposta às ondulações do mercado, especialmente no da tecnologia, onde tudo se copia. Spiegel falou também sobre isso, em referência ao fato de que o Facebook reproduziu o Snapchat dentro das próprias redes.

"Pessoas vão continuar seguindo as inovações que nós criamos. Como designer, se você criou algo tão simples e elegante, tudo o que as pessoas podem fazer é copiar exatamente. Nós apreciaríamos se eles tivessem copiado nossa proteção de dados também", disse o CEO, fazendo o famoso cutucão aos recentes vazamentos de dados do Facebook.

Cupons de desconto TecMundo: