Windows 11: instaladores falsos infectam computadores com malware

1 min de leitura
Imagem de: Windows 11: instaladores falsos infectam computadores com malware
Imagem: Bleeping Computer/Reprodução
Avatar do autor

Pesquisadores de segurança do antivírus Kaspersky identificaram que golpistas estão utilizando instaladores falsos do Windows 11 para infectar computadores com malware, adware e outros arquivos maliciosos.

O Windows 11 será liberado em todo o mundo apenas no início de 2022. Por enquanto, apenas o grupo de clientes inscritos no programa Insider teve acesso ao novo sistema operacional da Microsoft, após o lançamento no mês passado.

No entanto, é possível encontrar, em fontes não oficiais, arquivos que prometem instalar a nova versão do Windows. Devido à curiosidade de conhecer as novas funcionalidades antecipadamente, muitas pessoas acabam sendo vítimas dos cibercriminosos.

Instaladores maliciosos

Programas simulam instaladores do Windows 11 para implantar arquivos maliciosos. (Fonte: Kaspersky/Reprodução)Programas simulam instaladores do Windows 11 para implantar arquivos maliciosos. (Fonte: Kaspersky/Reprodução)Fonte:  Kaspersky/Reprodução 

Os golpistas enganam os usuários inserindo algo a mais nos arquivos disponíveis para download. As iscas do instalador do Windows 11 estão sendo usadas para enviar desde adwares (considerados quase inofensivos pelos sistemas de defesa) até trojans perigosos, capazes de roubar senhas e outros dados.

Os programas falsos simulam o assistente de instalação do Windows, e chegam a apresentar um contrato de licença, que quase ninguém lê. Após aceitar os termos, é executado um segundo instalador para implantar programas potencialmente maliciosos.

Como instalar o Windows 11

Para conhecer a nova versão do sistema operacional, o usuário precisa ter o Windows 10 instalado no computador, realizar a inscrição no programa Insider e realizar o download pelo site oficial da Microsoft.

Atualmente, o sistema operacional está disponível em beta para desenvolvedores, o que envolve bugs e certa instabilidade. A empresa promete que lançará uma edição  de testes mais estável do Windows 11 em breve.