Facebook anuncia que está tomando medidas contra hackers na China

1 min de leitura
Imagem de: Facebook anuncia que está tomando medidas contra hackers na China
Imagem: Facebook
Avatar do autor

Na quarta-feira (24), o Facebook anunciou que está agindo contra hackers localizados na China em uma postagem oficial de seu blog. Segundo a empresa, o grupo conhecido como Earth Empulsa ou Evil Eye estaria tentando obter dados de jornalistas, ativistas e dissidentes gerais com links falsos, mas felizmente teve seus meios neutralizados com as novas medidas da plataforma.

Nesse contexto, o principal objetivo do grupo parecia ser atingir os uigures, uma etnia nativa da Ásia Central, alvo de preconceito e discriminação na China. Uma evidência que reforça esse aspecto é o modo de operação do grupo, que selecionava seus alvos por meio de seus endereços de IP, navegadores, país de origem e língua antes de infectar seus dispositivos.

Entre as diversas estratégias executadas, o grupo destacou o uso de links falsos, que poderiam conduzir os usuários desprecavidos para endereços web portadores de malwares ocultos ou para áreas de download de aplicativos falsos, que eventualmente também infectariam seus sistemas.

Segundo o Facebook, ainda não foi confirmado quantos usuários foram atingidos pelas ações do grupo, entretanto, foi possível verificar que a maioria dos alvos uigures eram de localidades fora da China, tais como Canadá, Cazaquistão, Estados Unidos, Síria, Austrália e Turquia.

O vazamento ou sequestro de dados se tornaram grandes problemas no mundo digital moderno. (Fonte: Pexels)O vazamento ou sequestro de dados se tornaram grandes problemas no mundo digital moderno. (Fonte: Pexels)Fonte:  Pexels 

O chefe de política de segurança no Facebook, Nathaniel Gleicher, explica que formato da operação dificultou a identificação dos dispositivos e usuários prejudicados, já que ocorreu fora da plataforma. Ele comentou sobre o caso em um comunicado à imprensa: "Você pode ter uma campanha de espionagem cibernética muito eficaz que causa danos reais e que só atinge alguns alvos."

Mesmo com as novas medidas de segurança da plataforma, o caso traz à tona apenas um entre os possíveis outros problemas de privacidade em seu sistema, sendo o mais recente entre um histórico considerável de episódios.

Facebook anuncia que está tomando medidas contra hackers na China