Maze, famoso grupo de hackers, diz ter encerrado atividades

1 min de leitura
Imagem de: Maze, famoso grupo de hackers, diz ter encerrado atividades
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Em nota divulgada no último domingo (1º), na dark web, os cibercriminosos responsáveis por operar o Maze Ransomware anunciaram que o grupo, um dos mais ativos em ataques cibernéticos, está “oficialmente encerrado”.

No comunicado, o Maze informa que, a partir de agora, ataques usando o nome do ransomware, seus métodos e links levando à página da equipe devem ser considerados "uma farsa". Eles também afirmaram não possuir parceiros nem planos de sucessão e justificaram os ataques realizados como forma de alertar às empresas sobre a importância da segurança dos dados e dos sistemas.

Os hackers do grupo ganharam fama por extrair os dados da vítima primeiro e encriptá-los depois, exigindo quantias milionárias para o resgate e ameaçando divulgá-los em caso de não pagamento. As táticas também incluíam ataques às redes virtuais privadas (VPN) e aos servidores de acesso remoto ao computador (RDP).

Nota do grupo Maze, informando sobre o encerramento das suas atividades.Nota do grupo Maze, informando sobre o encerramento das suas atividades.Fonte:  TechCrunch/Reprodução 

Entre as empresas que foram vítimas deste ransomware, estão a Cognizant (tecnologia), Chubb (seguros), ExecuPharm (farmacêutica), Visser (fornecedora de peças para a Tesla e a SpaceX) e Kimchuk (eletrônicos). A Canon, a LG e a CPFL Energia também sofreram ataques dele, recentemente.

Especialistas não acreditam no comunicado

O aparente fim das atividades do Maze ransomware é visto com cautela por alguns especialistas em segurança digital. Para o analista de ameaças da empresa Emsisoft Brett Callow, os hackers podem ter “tirado férias” para curtir o dinheiro arrecadado com as campanhas maliciosas.

Ele também não descarta uma mudança de marca e alerta sobre uma possível associação dos ex-integrantes a outras equipes de atacantes: “Como Maze era uma operação afiliada, é improvável que seus parceiros no crime se aposentem e, em vez disso, simplesmente se alinhem com outro grupo”, disse Callow.

O pesquisador de segurança Graham Cluley tem opinião semelhante: “Talvez eles tenham realmente desistido. Espero que sim, mas não seria nenhuma surpresa se eles acabassem por não manter sua palavra”, comentou o especialista.

Maze, famoso grupo de hackers, diz ter encerrado atividades