A Samsung parece estar realmente disposta a renovar a sua linha de smartphones para 2015. Depois de ter anunciado a família de aparelhos “Galaxy A” (composta por Galaxy A3, Galaxy A5 e Galaxy A7), fontes também deram indícios de que um suposto Samsung J1, dispositivo barato com processador 64 bits, estava a caminho.

Pegando muitos de surpresa, a sul-coreana fez outro anúncio hoje pela madrugada através de seu site oficial, revelando o seu primeiro (e há muito tempo prometido) smartphone rodando Tizen. O Samsung Z1, aparelho com especificações dignas de um dispositivo de entrada, será disponibilizado exclusivamente na Índia e sem previsão de chegada a outros mercados.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Tizen OS (versão 2.3)
  • Tela: 4 polegadas
  • Resolução da tela: 800x480 pixels
  • Densidade de pixels: 233 ppi
  • Chipset: Spreadtrum SC7727S
  • Processador: dual-core de 1,2 GHz (Cortex-A7)
  • GPU: Mali-400
  • Memória RAM: 768 MB
  • Armazenamento interno: 4 GB
  • Armazenamento externo: suporte a cartão micro SD de até 64 GB
  • Câmera traseira: 3,15 megapixels
  • Câmera frontal: VGA
  • Bateria: 1.500 mAh
  • Conectividade: WiFi (802.11 b/g/n), Bluetooth 4.1, A-GPS, USB 2.0
  • Sensores: acelerômetro
  • Dimensões: 12,04 cm (altura) x 6,32 cm (largura)
  • Espessura: 0,97 cm
  • Peso: 112 gramas

Tizen?

O Tizen é um sistema operacional de código aberto desenvolvido pela Linux Foundation em parceria com a Samsung, a Panasonic e a Intel. O intuito era que esse SO equipasse smartphones, tablets, smart TV, smartwatches, netbooks, veículos e vários outros dispositivos.

O Samsung Z1 é a estreia da plataforma nos aparelhos celulares, mas o sistema já está presente nos relógios inteligentes da companhia há algum tempo. O Samsung Gear 2, o Gear Fit e o recente Gear S, por exemplo, trazem versões modificadas desse software.

Aparelho de entrada com recursos top

Apesar das configurações modestas do Samsung Z1, a sul-coreana promete caprichar nos recursos entregues juntamente com esse dispositivo. O recurso de economia de energia (o “Ultra Power Saving Mode”), por exemplo, é algo que só encontramos nos smartphones mais recentes lançados no mercado.

Parcerias com empresas da indústria da música, filmes e seriados também serão entregues aos compradores do Samsung Z1. Além disso, a companhia também espera atrair os consumidores com a nova interface do Tizen, que está mais rápida e amigável ao usuário.

Baratinho, mas só na Índia

De acordo com as informações constantes no site da empresa, o Samsung Z1 vai chegar às prateleiras no dia 14 de janeiro e pelo preço sugerido de R$ 240 (valor aproximado convertido a partir da rupia indiana). Porém, a previsão é de que ele seja entregue apenas àquele país, sem muitos indícios de que isso vá mudar com o tempo. Depois do "cano" que a sul-coreana deu no ano passado, será que esse aparelho vai agradar ao público?

Cupons de desconto TecMundo: