Facebook lança novidades para impulsionar realidade aumentada

2 min de leitura
Imagem de: Facebook lança novidades para impulsionar realidade aumentada
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (28), o Facebook apresentou algumas novidades durante o evento Connect 2021 e, entre elas, o novo nome da empresa responsável por todo o conglomerado: Meta. Na ocasião, também foram reveladas novas adições para a plataforma de realidade aumentada Spark AR, que promete facilitar a criação de conteúdos imersivos e ajudar na concepção do Metaverso.

Há algumas semanas, o metaverso se tornou um assunto popular na internet, principalmente porque o Facebook quer unir os conceitos de realidade virtual e aumentada em seu próprio universo. A companhia acredita que a mistura desses “mundos” é parte da evolução, e as possibilidades do Spark AR vão ajudar a criar esse futuro.

Polar

Um dos anúncios foi o aplicativo Polar, inicialmente disponível apenas para iPhone. O app permite desenvolver filtros de realidade e compartilhá-los com a comunidade, tudo isso em uma interface visual simples para criar uma experiência intuitiva — os usuários poderão criar filtros ao estilo do Instagram.

Exemplo de criação de filtros no aplicativo PolarExemplo de criação de filtros no aplicativo PolarFonte:  Facebook 

O aplicativo Polar será lançado gratuitamente na App Store, mas ainda não há nenhuma previsão. Ainda neste ano, o Facebook vai convidar criadores para participar de testes da versão beta.

Efeitos de realidade aumentada com geolocalização

Também foi apresentada API Geo JS, que permitirá desenvolver aplicações em realidade aumentada com gatilhos baseados em geolocalização — parece difícil, mas basicamente os desenvolvedores poderão ancorar informações em um ambiente específico. Assim, por exemplo, é possível criar um tour guiado em um museu usando a tecnologia.

“A API Geo JS apresentará um rastreador mundial no Spark AR Studio e abrirá novas possibilidades divertidas para múltiplas experiências de AR ancoradas em coordenadas específicas de latitude e longitude”, foi publicado no blog da empresa. A versão beta da API Geo JS será lançada ainda neste ano.

Exemplo de como os pontos de geolocalização podem ser ancoradosExemplo de como os pontos de geolocalização podem ser ancoradosFonte:  Facebook 

As atualizações do Spark AR também vão facilitar construções de objetos 3D no mundo AR, incluindo textos, GIFs, personagens e mais.

Rastreamento de corpo e mãos

O Facebook anunciou dois novos recursos de rastreamento para ajudar a construir efeitos mais dinâmicos e complexos para o Instagram. O rastreamento de corpo e mãos permitirá que os desenvolvedores ancorem efeitos de realidade aumentada e criem filtros divertidos.

“Usando o novo rastreador de corpo no Spark AR Studio, você será capaz de mapear efeitos para 20 pontos 2D diferentes em um corpo e aplicá-los a uma única pessoa, várias pessoas ou a partes isoladas de um corpo em uma única cena”.,

Efeito de rastreamento de mão em dois criadores que já puderam testar os recursosEfeito de rastreamento de mão em dois criadores que já puderam testar os recursosFonte:  Facebook 

Ainda não há nenhuma previsão de lançamento dos novos recursos.

Efeitos em grupos

Os efeitos de vídeo Group Effects foram anunciados para os usuários que gostam de fazer videochamadas no Messenger e Instagram. O recurso permite que uma ou mais pessoas usem os filtros de realidade ao mesmo tempo.

A companhia já abriu a versão beta do Group Effects e, em novembro, vai abrir a possibilidade de publicar no Instagram a partir de novembro deste ano.

Efeitos em um grupo no MessengerEfeitos em um grupo no MessengerFonte:  Facebook 

“Além disso, estamos adicionando patches para oferecer suporte a efeitos de grupo, então você não será mais limitado pela programação em Javascript”, explica a empresa.

Cursos de realidade aumentada

O Facebook também revelou um novo programa para educar desenvolvedores que criam em realidade aumentada e, inclusive, disponibilizará certificado oficial. A empresa vai oferecer cursos para criadores com habilidades nos níveis intermediário e avançado.

Os primeiros 2 mil criadores que se inscreverem na lista de interesse pelos cursos Spark AR vão ter direito a um voucher que cobrirá o custo total de exames de certificação.