Twitter verifica conta falsa do autor Cormac McCarthy duas vezes

1 min de leitura
Imagem de: Twitter verifica conta falsa do autor Cormac McCarthy duas vezes
Imagem: Santa Fe Institute/Reprodução
Avatar do autor

O Twitter acidentalmente concedeu o selo de verificação a uma conta que supostamente pertencia ao escritor Cormac McCarthy. A ICM Partners, agência que representa o autor, afirmou que o perfil verificado é falso.

“Podemos confirmar que esta conta definitivamente não é do escritor Cormac McCarthy. O Twitter está ciente dessa situação e esperamos ter o problema resolvido em breve”, declarou um porta-voz da empresa.

McCarthy é mundialmente conhecido por ser o autor dos livros A Estrada, Meridiano de Sangue e Onde os Fracos Não Têm Vez. O escritor de 88 anos não usa computadores.

Aos 88 anos, agentes dizem que Cormac McCarthy não usa computadores.Aos 88 anos, agentes dizem que Cormac McCarthy não usa computadores.Fonte:  Jim Spellman/WireImage 

Twitter corrige o erro de verificação

O perfil @CormacMcCrthy realiza publicações frequentes sobre assuntos aleatórios desde 2018. Contudo, a página recebeu o famoso selo azul após alguns tuítes se tornarem virais e acumular dezenas de milhares de curtidas e retuítes.

Após a repercussão do caso, o Twitter disse que a verificação da conta ocorreu devido a um erro. Além disso, a plataforma já removeu o ícone azul do perfil.

Surpreendentemente, essa é a segunda vez que a rede social reconhece um perfil falso atrelado a McCarthy. Em 2012, a rede social também verificou uma conta que seria do autor, porém ela foi criada por um roteirista escocês chamado Michael Crossan.

Conta falsa do autor celebrou o selo de verificação do Twitter.Conta falsa do autor celebrou o selo de verificação do Twitter.Fonte:  The Verge/Reprodução 

A problemática de verificação do Twitter

Após o relançamento no início de 2021, a verificação de perfis no Twitter é frequentemente alvo de críticas. Muitos usuários consideram o processo lento, injusto e falho.

A rede social cita que apenas contas “autênticas, notáveis e ativas” são aprovadas. Contudo, pesquisadores acreditam que a ação é feita de modo aleatório, pois vários perfis gerenciados por bots recebem o selo azul.