Facebook pagará US$ 1 bilhão para influenciadores até 2022

1 min de leitura
Imagem de:  Facebook pagará US$ 1 bilhão para influenciadores até 2022
Imagem: Facebook/Reprodução
Avatar do autor

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que as redes sociais da empresa pretendem investir US$ 1 bilhão para influenciadores digitais até 2022. O volume de recursos é o mesmo anunciado por outras plataformas, como o Snapchat, YouTube e TikTok, o que deve ajudar a aquecer o mercado de criação de conteúdo para internet.

Em comunicado, o Facebook contou que planeja lançar novos programas de bônus até o final do ano que pagarão aos criadores por atingirem metas específicas. Entre eles, está o Reels Summer Bonus, que será lançado nas próximas semanas e pagará aos usuários dos Estados Unidos que criarem "ótimos conteúdos de Reels para o Instagram".

A partir de setembro, os recursos serão pagos também para os influenciadores que veicularem anúncios em seus vídeos no Facebook ou alcançarem determinadas metas durante transmissões ao vivo. No Instagram, os produtores de conteúdo podem receber o bônus para ativar anúncios em seus vídeos no IGTV, ou darem dicas específicas em transmissões ao vivo.

Estratégia de sobrevivência

Primeiro programa a ser lançado pelo Facebook será o Reels Summer Bonus. (Fonte: Facebook/Reprodução)Primeiro programa a ser lançado pelo Facebook será o Reels Summer Bonus. (Fonte: Facebook/Reprodução)Fonte:  Facebook/Reprodução 

As empresas de mídia social estão focadas recentemente nos influenciadores que ajudam a atrair milhões de usuários diários, como uma estratégia de sobrevivência e expansão de seus negócios. O próprio Facebook já anunciou uma série de iniciativas, incluindo a capacidade de solicitar dinheiro dos fãs e ferramentas para vender mercadorias.

Muitas das plataformas planejam ficar com alguma parte dos ganhos gerados pelos influenciadores. De imediato, essa receita é "irrelevante" para as bigs techs, porém são essenciais para manter os criadores de conteúdo que atraem usuários — o que é fundamental para vender os anúncios que representam a receita principal dessas empresas.

Como participar dos programas de bônus

Por enquanto, os bônus serão destinados apenas para influenciadores convidados. No entanto, a empresa permite que os usuários expressem interesse no programa e obtenham mais informações sobre a monetização dentro de suas redes sociais.

Para conhecer sobre os programas de bônus no Facebook, o interessado deve procurar a opção "Ferramentas de monetização para criadores" na plataforma. Os criadores do Instagram podem aprender mais na seção "Bônus" do aplicativo, que estará disponível nas próximas semanas.

Facebook pagará US$ 1 bilhão para influenciadores até 2022