Grupos do Facebook ganham membros 'especialistas' com privilégios

1 min de leitura
Imagem de: Grupos do Facebook ganham membros 'especialistas' com privilégios
Imagem: Pixabay/Reprodução
Avatar do autor

O Facebook lançou um novo recurso chamado "group experts", que permite aos administradores definir quais membros são "especialistas" em algum tópico de interesse. Os membros escolhidos terão de reconhecer a indicação para que o status seja confirmado. A função está em teste e disponível apenas para alguns grupos.

Para tornar uma pessoa "expert", os administradores devem navegar até a lista de membros, pesquisar por quem eles gostariam de dar a condição especial e escolher a opção "tornar especialista do grupo". Não há limite para a concessão do status.

Os nomes dos especialistas serão acompanhados por um selo para se diferenciar dos demais integrantes. O emblema aparecerá em postagens, comentários e no recurso de perguntas e respostas. Caso o membro se mostre não confiável, postando informações incorretas, somente os administradores poderão retirar os poderes especiais da pessoa.

Função do "expert" nos grupos

Status de "especialista" significa que o membro tem a confiança dos administradores do grupo. (Fonte: Facebook/Reprodução)Status de "especialista" significa que o membro tem a confiança dos administradores do grupo. (Fonte: Facebook/Reprodução)Fonte:  Facebook/Reprodução 

Os especialistas dos grupos têm poderes de hospedar sessões de perguntas e respostas ou salas de áudio ao vivo, mas o título não permite controle extra de outros recursos do grupo ou uma maior visibilidade dentro dele. Estes membros também terão a função de convidar seguidores que já tenham feito contato para aderirem ao grupo.

O Facebook espera que o novo recurso funcione como um apoio para os administradores na promoção de conversas de qualidade. A rede social defende que a função facilita a descoberta de conteúdo valioso, melhorando a experiência nos grupos.

Veracidade das informações

É importante lembrar que a atribuição de especialista significa apenas que o membro tem a confiança dos administradores e, não necessariamente, que são peritos em determinado assunto.

Dessa forma, movimentos como o QAnon, grupos antivacinação e facções políticas contenciosas que espalham desinformação também podem utilizar a função para amplificar seus discursos.

Para lidar com essas situações, o Facebook mudou suas políticas para remover grupos que desencorajam as pessoas de tomarem vacinas, e também parou de recomendar grupos políticos a novos membros. A empresa também possui verificadores de fatos terceirizados e passou a reduzir a distribuição de conteúdo sinalizado como enganoso.

Grupos do Facebook ganham membros 'especialistas' com privilégios