Governo alemão proíbe Facebook de coletar dados via WhatsApp

1 min de leitura
Imagem de: Governo alemão proíbe Facebook de coletar dados via WhatsApp
Avatar do autor

Uma autoridade de privacidade da região de Hamburgo, na Alemanha, ordenou que o Facebook pare imediatamente de coletar dados de usuários no país.

A determinação vale especialmente para os novos termos de uso do WhatsApp, que entram em vigor no dia 15 de maio e, caso não sejam aceitos pelo usuário, resultam em uma grave limitação de uso do aplicativo. As regras foram consideradas "não transparentes, inconsistentes e excessivamente amplas", prejudicando direitos e liberdades da comunidade — além de servirem unicamente para que a empresa amplie a monetização e envie anúncios melhores para cada pessoa.

Segundo o órgão, o Facebook está proibido por três meses de coletar dados de usuários alemães. Além disso, um pedido foi feito para que a União Europeia siga a determinação e amplie o alcance da medida para outros países do bloco.

O que diz o Facebook?

Em nota enviada para a Bloomberg, um porta-voz do WhatsApp afirmou que as acusações estão erradas e "baseadas em uma incompreensão fundamental" dos objetivos do mensageiro. Além disso, segundo a empresa, a notificação não é o suficiente para impedir a aplicação dos novos termos.

Governo alemão proíbe Facebook de coletar dados via WhatsApp