Usuários do Tinder colocam #vacinado na bio para atrair matches

1 min de leitura
Imagem de: Usuários do Tinder colocam #vacinado na bio para atrair matches
Imagem: C.J. Robinson
Avatar do autor

Uma das armas mais utilizadas contra a angústia de pessoas em isolamento social, os aplicativos de namoro têm promovido o crescimento de relações digitais na web. O Tinder, um dos apps mais utilizados para paqueras digitais, introduziu uma novidade para funcionar como “isca” na busca de um match perfeito: a vacina contra a covid-19.

Recentemente, o aplicativo introduziu um espaço na bio de seus usuários para o registro da informação #vacinado, para chamar a atenção de mais pretendentes que busquem um relacionamento saudável. O objetivo é dar mais segurança para um futuro match. Afinal, explica a psicanalista Márcia Tolotti ao Uol, “a bio serve para mostrar o que você tem de mais valioso”.

A partir de agora, a preciosa informação se junta aos atributos exibidos no perfil dos usuários, como fotos, distância, orientação sexual e descrição. Quem usa o aplicativo sabe que uma bio bem produzida pode representar  um grande diferencial no momento da escolha. Além de ser um poderoso investimento para um futuro sem pandemia.

Outros apps de namoro aderem ao #vacinado

Fonte: Thiago Bhering/Uol/ReproduçãoFonte: Thiago Bhering/Uol/ReproduçãoFonte:  Thiago Bhering/Uol 

O portal Uol divulgou na segunda-feira (22) uma pesquisa para confirmar se os usuários estão aderindo ao #vacinado. Foram encontrados diversos usuários com a informação na bio de aplicativos variados. Além do Tinder, outros apps estão usando a informação como Inner Circle, Bumble e Happn. A busca mostrou usuários em diferentes países: Israel e Estados Unidos também estão usando a imunização para atrair matches.

Falando ao portal, o psicólogo paulista Thiago Bhering afirma que aderiu ao novo detalhe na descrição logo após se vacinar.  “Daqui a um tempo, estar vacinado vai ser um grande diferencial. Na balada, as pessoas vão estar pedindo RG e carteirinha de vacinação", profetizou.

Mesmo com a segurança que a nova informação pode proporcionar, a infectologista Rosana Ritchmann alerta que, “enquanto o vírus estiver circulando nesse nível de agora, melhor evitar contatos desnecessários”. Isso porque a vacina não elimina as chances de contaminar o parceiro ou parceira em um encontro.

Fontes

Usuários do Tinder colocam #vacinado na bio para atrair matches