Presente há décadas no mundo da ficção científica, o sistema de reconhecimento facial sempre foi um sonho para a humanidade, tanto para facilitar o seu dia a dia como para garantir maior segurança nas mais diversas formas.

Assim como foi com o caso dos celulares, essa tecnologia finalmente se tornou uma realidade nos últimos anos. O problema é que ninguém estava preparado para as formas como ela seria implementada.

Hoje, o reconhecimento facial deixou de ser um simples sistema de identificação para conseguir perceber até mesmo o humor e a beleza de quem for capturado por suas lentes, mas nem de longe se resumindo a isso. Confira esta lista feita pelo Tecmundo, que vai mostrar o nível de esquisitice que essa tecnologia já atingiu.

1 - Identificador de chimpanzés

Se nossas câmeras já são capazes de reconhecer pessoas, então por que não fazer o mesmo com os chimpanzés, nossos “primos” com rostos próximos aos dos humanos?

Desenvolvido para auxiliar cientistas estudando grupos de primatas, o uso da técnica não se resume apenas a identificar os animais, mas sim conseguir diferenciar cada um deles. Assim, as pesquisas populacionais ganham muito mais precisão, evitando que chimpanzés sejam contados duas vezes, um fator extremamente importante para proteger espécies ameaçadas.

2 - Que celebridade é você?

Ampliar

Você já foi confundido com alguém famoso? Com o sistema de reconhecimento facial do My Heritage, fica fácil descobrir se você realmente poderia se passar por celebridade ou se a pessoa que se enganou apenas precisava de um par de óculos.

O programa funciona de forma bastante simples: você adiciona uma foto sua e inicia o reconhecimento facial. O site analisa a imagem e mostra todas as celebridades com quem a pessoa mais se parece (seja homem ou mulher), além de uma porcentagem do quão “compatível” você é com cada uma.

Caso esteja interessado em fazer o teste, clique aqui para ser direcionado a um tutorial do Tecmundo que mostra todos os passos do processo.

3 - Reconhecendo maçãs

Certo, isso não é exatamente um reconhecimento de rostos, mas é uma tecnologia que segue os mesmos princípios. O sistema, chamado Checkout Al, foi desenvolvido pela Toshiba e usa uma maçã-modelo (escolhida por você) para busca por frutas com tamanho, cor e textura semelhantes.

Isso pode até parecer uma tecnologia mais simples que a usada para identificar rostos, mas a verdade é exatamente o contrário: conceber um sistema de reconhecimento de objetos é muito mais difícil, segundo Keiji Yanai, da Universidade de Eletro Comunicações de Tóquio. Mesmo assim, pode ser que em um futuro próximo esse “buscador de frutas” seja algo bastante comum em nossas idas ao mercado.

4 - Tratamento VIP

Você já deve ter visto algum filme em que todos os atendentes de um estabelecimento entram em alerta quando um convidado muito importante chega ao recinto. E isso não é muito diferente da vida real, principalmente em alguns hotéis e restaurantes do Japão.

Usando uma série de câmeras com sistemas de reconhecimento facial, esses estabelecimentos são capazes de identificar clientes VIP antes mesmo de eles colocarem os pés no interior do local. Pode parecer pouco, mas, em uma situação como essas, cada segundo a mais faz a diferença.

5 - Funcionários sempre sorrindo

Outro sistema desenvolvido pela mesma empresa que criou o item acima está em seu software de treinamento de sorrisos, chamado Smile-scan. De forma simples, ele analisa a imagem de uma pessoa e dá uma nota, de 0 a 100%, para mostrar o quão bem ela está sorrindo.

Mas a parte mais estranha está na presença de um “modo de batalha”, no qual duas pessoas são fotografadas simultaneamente para disputar qual delas possui o melhor sorriso. Agora, fica a pergunta: será que o sistema realmente é capaz de identificar qual é o mais bonito ou ganha quem fizer o sorriso maior, mesmo que acabe parecendo o Coringa?

6 - Encontre sua cara-metade

Ampliar (Fonte da imagem: Find Your FaceMate)

Sites de relacionamentos normalmente escolhem possíveis parceiros para as pessoas a partir de gostos e hobbies em comum. Já o Find Your FaceMate se baseia por completo na sua aparência.

E é aqui que entra o sistema de reconhecimento facial. Usando as fotos do perfil dos participantes da rede, o software busca em seu banco de dados a pessoa cujo rosto seja o mais parecido possível com o seu.

7 - Medidor de beleza

Ampliar (Fonte da imagem: Divugalção/PLoS-ONE)

Alguns dizem que a beleza está nos olhos de quem vê, mas um grupo da Universidade de Barcelona, em conjunto com a Universidade de Princeton, quis provar que isso está longe de ser verdade.

Para isso, eles criaram um software capaz de identificar uma série de características de um rosto e determinar não só o nível de beleza, como também de inteligência, extroversão, influência e até maldade.

De forma simples, o software tira várias medidas de pontos diferentes do seu rosto e determina cada um dos atributos citados acima. A inteligência, por exemplo, é calculada a partir do desenho ao redor de seus olhos.

8 - Serviço personalizado

Aqui temos mais uma bizarrice vinda diretamente do Japão. Lá, é possível encontrar uma série de outdoors que reconhecem o sexo e a idade das pessoas, apresentando propagandas que possam ser de maior interesse para aquela combinação.

9 - Um cão que é a sua cara

(Fonte da imagem: Doggelgänger Facial Recognition)

Criado pela Pedigree Adoption Drive, o site Doggelgänger funciona de forma semelhante ao sexto item desta lista: encontrar sua cara-metade através do reconhecimento facial. A diferença é que aqui o seu objetivo é encontrar um companheiro canino.

O software usado no Doggelgänger adapta o rosto da pessoa para uma versão animal, comparando os resultados com um banco de dados formados por cães resgatados pelo grupo. O cachorro com maior compatibilidade é mostrado na tela, junto de várias informações sobre ele para que você possa adotá-lo, se quiser.

10 - Máquinas de bebida inteligentes

Ampliar (Fonte da imagem: KevBlog)

As máquinas de venda japonesas são famosas não apenas por serem encontradas aos montes no país, mas também por venderem todo o tipo de item, de doces a roupas íntimas. E logo elas também devem ficar conhecidas por sua inteligência.

Isso porque as máquinas de venda de bebidas são equipadas com câmeras que identificam o sexo e idade da pessoa e, ao cruzar esses dados com as informações climáticas do local, oferecem o que seria mais apropriado para elas tomarem. Mas não se preocupe, pois o cliente sempre pode recusar e ficar com seu refrigerante favorito.

Não pense que isso ficou apenas por lá: uma ideia semelhante acabou chegando às lojas americanas, em um esforço conjunto entre a Intel e a Kraft. A diferença é que o sistema é usado em um quiosque de alimentos, que utiliza os mesmos parâmetros das máquinas japonesas para oferecer os produtos.

11 - Sistema de busca por rosto

Você consegue se imaginar acessando o Google para procurar por uma pessoa através de seu rosto? Pode parecer estranho, mas isso quase se tornou verdade. A empresa já até mesmo declarou que um sistema desses estava em desenvolvimento, mas que desistiu para não criar problemas de violação de privacidade.

Mesmo assim, ainda há motivos para se preocupar, já que recentemente a companhia comprou uma empresa que desenvolve sistemas de reconhecimento facial. Embora não haja nenhum anúncio oficial, não é impossível que a Google resolva reviver seu projeto novamente.

12 - Reconhecimento de folhas

Ampliar

Este é outro caso de uma tecnologia que não foca o reconhecimento de rostos em si, mas que utiliza as mesmas bases do sistema. E dessa vez, o software é focado na identificação de plantas.

O aplicativo para iOS, chamado Leafsnap, permite que o dono do aparelho tire uma simples foto da folha de uma árvore para que o sistema traga informações sobre ela. A parte mais impressionante fica para o número de plantas diferentes que ele é capaz de identificar: o sistema compara a imagem com uma biblioteca de mais de 8 mil itens diferentes.

13 - MORIS

Este é o nome de uma tecnologia que está aterrorizando pessoas em todos os EUA. O aplicativo para iPhone é capaz não só de utilizar sistemas de reconhecimento facial e leitura biométrica como consegue fazê-lo em apenas alguns instantes, permitindo que informações suas sejam adquiridas sem que você nem mesmo perceba.

Isso pode até deixar você com um frio na espinha, mas não é preciso tanta preocupação assim, pois a tecnologia está disponível exclusivamente para os policiais do país. De qualquer forma, fica uma dúvida: embora tenha sido criada para identificar criminosos, será que ela não pode ser usada para outros objetivos que o governo não quer que o povo saiba?

.....

Os sistemas de reconhecimento facial vieram para ficar, cada vez mais presentes em nossas vidas. E ao que tudo indica, esse é apenas o início das esquisitices, já que a própria tecnologia ainda tem muito a crescer.

Cupons de desconto TecMundo: