Segundo fontes anônimas da agência de notícia Bloomberg, a Nokia estaria em uma situação “agradavelmente difícil”: várias empresas estariam dispostas a gastar até US$ 4 bilhões (R$ 12 bilhões) para comprar o seu serviço de mapas, o HERE Maps. A empresa finlandesa estaria disposta a vender essa divisão para voltar seu foco à área de equipamentos de telecomunicação.

Segundo a Bloomberg, a mais nova empresa interessada nessa parte da Nokia seria a Uber Technologies Inc., que teria se juntado à chinesa Baidu para fazer uma compra conjunta. Nesse mesmo grupo, está ainda a suíça EQT Partners AB.

A Microsoft estaria interessada em comprar apenas uma parte minoritária do serviço para continuar utilizando o conteúdo do HERE Maps em suas plataformas, assim como fazem Amazon e Yahoo!. Há também grupos de investidores norte-americanos interessados em fazer a compra.

Acredita-se que a próxima rodada do “leilão” pelo HERE Maps deva acontecer em até duas semanas com todos os interessados, incluindo um grupo alemão de montadoras de automóveis, formado por BMW, Audi e Daimler. A Bloomberg disse que nenhuma dessas empresas envolvidas na possível negociação quis comentar sobre o assunto. Quando essas informações começaram a circular pelo mercado, as ações da Nokia subiram 3%.

Novos rumos

O HERE Maps da Nokia seria a última parte da empresa a ser vendida para concluir sua fase de reestruturação. A intenção agora é focar no mercado de telecomunicações vendendo equipamentos para criar redes de telefonia móvel. Por conta disso, a Nokia comprou recentemente a Alcatel Lucent. O mercado acredita que a Nokia tenta concorrer com Huawei, Ericsson e outras pelo mercado de telecomunicações global.

Cupons de desconto TecMundo: