Tesla: motoristas reclamam de 'freio fantasma' em modo autônomo

1 min de leitura
Imagem de: Tesla: motoristas reclamam de 'freio fantasma' em modo autônomo
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Um número cada vez maior de motoristas está reclamando de uma falha constante no Autopilot, o sistema de piloto automático da montadora Tesla. Segundo o site Electrek, já são vários os relatos de "frenagem fantasma", quando a plataforma de direção autônoma simplesmente ativa os freios sem qualquer motivo aparente.

O problema parece não estar ligado aos testes com a nova versão da tecnologia. Segundo os relatos, isso tem acontecido tanto nos veículos tradicionais da marca quanto para os motoristas que já estão utilizando a versão beta do Full Self-Driving (FSD).

A ativação dos freios sem aviso ou motivo pode causar acidentes de trânsito: em alguns momentos, o veículo apenas diminui de velocidade, mas há relatos de paradas totais e bruscas no meio da rua — sem haver qualquer risco na pista que levasse o automóvel a realizar tal ação.

É um bug?

Por causa dos riscos cada vez maiores, as reclamações chegaram ao National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA).

O órgão norte-americano de segurança no trânsito ainda não abriu uma investigação formal, mas a Tesla teria avisado um consumidor que as falhas são um fator de "evolução de software" e que não há uma correção específica prevista. Além disso, vale ressaltar que a atual legislação do país aponta que o motorista deve permanecer atento a todo momento na pista e estar pronto para tomar o controle do volante se necessário.

Apesar de estudos mostrarem que o Autopilot reduz as chances de acidentes, o piloto automático da Tesla já foi investigado algumas vezes nos EUA por uma possível falha em batidas.